O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

A importância do ensino a distância no Brasil

O ensino a distância (EAD) cresceu exponencialmente nos últimos anos, alcançando diversas áreas da esfera educacional. Os cursos online para provas de concursos e vestibulares se multiplicaram, bem como especializações e cursos universitários, tornando essa forma de ensino um nicho mercadológico milionário. Nessa conjuntura, a democratização do ensino foi alavancada enormemente no Brasil, contudo, é preciso ponderar sobre alguns desdobramentos negativos.

É evidente, em primeiro lugar, que o EAD possibilita que milhões de cidadãos possam desfrutar de conteúdos educacionais. Nesse contexto, a popularização do acesso à internet e aos aparelhos que a utilizam, assim como o grande número de cursos oferecidos, fazem do EAD uma ferramenta essencial na sociedade contemporânea. Aliados a isso, a flexibilidade e o alcance dessas novas tecnologias trazem possibilidades para aqueles que não dispõem de horários regulares ou residem em locais distantes, tendo em vista que não há uma rigidez de horários e os usuários podem montar suas rotinas de estudo onde estiverem. Então, o baixo custo e o amplo acesso elevam a um novo patamar o ensino brasileiro, abrindo caminhos e possibilidades para cidadãos que outrora tinham muita dificuldade de acesso a sistemas educacionais.

Paradoxalmente, o enorme crescimento do ensino não presencial suscita reflexões importantes quanto a qualidade da formação e do reforço ao individualismo. Como afirma o sociólogo polonês Zygmunt Bauman, a sociedade ultra tecnológica atual padece de uma efemeridade nas relações, em que os indivíduos constroem conexões sociais muito frágeis. Diante desse paradigma moderno, um processo educacional sem contato direto entre as pessoas pode reforçar o individualismo, marcante na sociedade. Ademais, não é possível acompanhar efetivamente o aprendizado do internauta devido às limitações desse distanciamento inerente, o que pode culminar em falsa sensação de elevado aprendizado.

Portanto, é nítida a importância do EAD no país, mesmo sendo necessário lançar mão de alguns cuidados. Para que se garanta um ensino de qualidade, sem reforçar o individualismo, o MEC deve exigir das instituições de ensino a distância que destinem 30% da carga horária para a realização de atividades práticas presenciais, seja no âmbito das empresas, seja no local de residência do aluno, para que o mesmo possa desenvolver habilidades sociais e sua competência prática seja avaliada. Essas instituições devem contar com profissionais avaliadores atuantes nas áreas de oferta de cursos que possam acompanhar, como tutores, o cumprimento desses 30% de carga horária diferenciada.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!