O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

A importância das redes de relacionamento on-line para os movimentos sociais

      Na Grécia Antiga, a Ágora era um local físico que possibilitava o encontro e debate dos gregos acerca de problemas da polis, exponenciando o caráter democrático da época. Na contemporaneidade, entretanto, as redes sociais recriam virtualmente esse antigo ambiente de discussão, acarretando, por sua vez, em um maior alcance e poder simbólico na reprodução dos anseios do povo. Nesse sentido, entender a revolução informacional que as redes de relacionamento on-line proporcionam, bem como analisar o seu poder de integração entre grupos para transformações sociais, torna-se imprescindível para a ratificação dessa poderosa arma democrática.


         Primeiramente, urge compreender que a passividade promovida pela mídia tradicional foi minimizada pela presença da redes sociais. De acordo com Manuel Castells, a internet é caracterizada como ambiente amplificador da democracia, devido ao seu caráter informativo e deliberativo. Analogamente, diferente de rádio e televisão, o indivíduo agora consegue estimular sua criticidade por meio de diferentes fontes de informação e questionar padrões morais de forma mais incisiva, coisas outrora limitadas no contexto social. Com efeito, além da maximização da noção de pertencimento, o cidadão comum consegue seu lugar de fala dentro da sociedade, extenuando seus valores e opiniões.


        Nesse viés libertário, os movimentos sociais passam a concentrar um poder humano cada vez mais presente. A Razão Comunicativa de Habermas se materializa pelo mútuo diálogo entre os agentes da sociedade, possibilitando a potencialização do bem-estar. À vista disso, as redes sociais conseguem integrar a população em um polo concentrado de voz, de modo que sistemas governamentais e organizações antidemocráticas são incapazes de não atenderem essas demandas. Com isso, exemplos como a Primavera Árabe que juntou jovens sedentos por democracia, pelas mídias digitais, para derrubada de ditaduras do Oriente Médio, testificam esse novo poder que emana do povo.  


        Portanto, medidas são fulcrais para garantir o pleno acesso à população desses meios de comunicação e informação. Destarte, o poder legislativo brasileiro pode promover aparelhos eletrônicos com acesso à internet para cidadãos de baixa renda. Isso deve ser feito mediante uma melhor distribuição orçamentária entre a união, de modo que essas verbas sejam direcionadas para a compra e entrega desses dispositivos para a população mais pobre. Dessa forma, a democratização do acesso à informação e deliberação torna-se-á presente entre todos os nichos sociais, garantindo, assim, uma nova Ágora de discussão dentro da sociedade. 


 


 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!