O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

A importância das redes de relacionamento on-line para os movimentos sociais

  A partir da Revolução Técnico-Científica, a tecnologia foi altamente desenvolvida, tornando o mundo sobremaneira globalizado, principalmente após a chegada da internet. Por conseguinte, o advento das redes sociais possibilitou a interligação extrema da sociedade, tornando-as espaços vitais para organizações de diversos movimentos sociais. Logo, é indubitável averiguar os desdobramentos dessa problemática e as consequências dessa faceta.


   Em primeira instância, é imprescindível ressaltar o alcance e disseminação proporcionados pelo meio virtual. Durante a Guerra Fria, os Estados Unidos criaram um sistema de compartilhamento de informações entre pessoas distantes geograficamente, a fim de facilitar as estratégias de guerra, chamado Arpanet. Analogamente, nos dias atuais, as pessoas usam a internet como tática para proliferar os diversos movimentos sociais, uma vez que seu poder de divulgação possibilita maiores chances de mobilização em diversos locais do mundo. Por exemplo, o movimento "Black Lives Matter", que ganhou bastante repercussão em 2020, atingiu diferentes países ao redor do mundo, os quais vivenciaram manifestações em prol da luta contra o racismo. 


   Outrossim, é cabível salientar que ao mesmo passo que gera rápida propagação do movimento, diminui as chances de sua eficiência. Segundo estudos da Universidade de Cornell, americana, há uma força de sincronização presente na natureza, observada quando todos começam seguir uma mesma ação. Contudo, muitas vezes, ela se manifesta como "Efeito Manada", que ocorre quando começa-se a fazer o que outros estão fazendo sem refletir sobre o comportamento. Nesse sentido, a falta de criticidade nas aderências dos movimentos sociais gera grande impacto inicial, mas impede que eles sejam perpetuados à longo prazo, comprometendo sua eficácia.


    Portanto, é nítido que o uso efetivo das redes de relacionamento para proliferação dos movimentos sociais urge solução. Para isso, o Ministério da Educação, responsável por coordenar as instituições de ensino no país, deve elaborar um plano de incentivo ao desenvolvimento do raciocínio crítico, especialmente no ambiente cibernético, através de palestras e investimento em aulas que promovem o questionamento da sociedade, como, por exemplo, a filosofia, a fim de formar cidadãos conscientes da importância dos movimentos sociais para a conjuntura atual. Somente assim, a sociedade progredirá, seguindo o caminho oposto ao proporcionado pelo "Efeito Manada". 


 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!