O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

A importância da representatividade no Cinema e na TV

Protagonistas do futuro libertário


Sabe-se que a principal influência a que são suscetidas as crianças da atualidade encontra-se nas mídias visuais, sejam elas filmes, novelas, séries ou mesmo vídeos vinculados a plataformas de conteúdo, a exemplo das grandes marcas YouTube e Vimeo. Logo, a importância da representatividade no cinema, na TV e na internet, implica em grandes impactos na formação da personalidade durante a infância e a adolescência e na perspectiva de escolhas e mudanças também na fase adulta.


Grandes personalidades como Morgan Freeman, um dos atores negros mais populares do cinema mundial, e Ellen DeGeneres, homossexual que detém um dos maiores programas de TV dos Estados Unidos, demonstram, respectivamente, superações com preconceitos relacionados à cor e à sexualidade, mas ainda caracterizam uma minoria. Esses dois exemplos, cada um à sua época, influenciaram em movimentos contra o preconceito, representando símbolos de inspiração e contribuindo para a adesão de personagens distintos aos padrões normalmente impostos na ficção.


Diante desse prisma, depreende-se que o comportamento de uma comunidade, independentemente de qual seja ela, também é resultado da forma como é caracterizada: as possibilidades de ascensão de um personagem, se conectam com as oportunidades que foram dadas ao ator ou à atriz nos bastidores. Logo, a predominância de homens a mulheres na indústria cinematográfica e a ausência total ou parcial de transgêneros, são fatos que não condizem com os constantes ideais buscados pelo movimento feminista vigente e com o crescimento dos protestos da comunidade LGBTQI+, ambos protestos que conquistam cada vez mais espaço e reconhecimento internacional.


Em dez temporadas e entre protagonistas e coadjuvantes, a série Friends elencou apenas uma personagem negra, Charlie, que estreou na série após duras críticas vinculadas à falta de representatividade do elenco; no panorama dos bastidores, apenas um a cada sete atores é negro, como pontua uma pesquisa divulgada pela Universidade de Southern, nos Estados Unidos. A representação de minorias no cinema, na TV e na internet, contribui ainda para o fortalecimento da autoestima e da igualdade, tão aclamadas atualmente.


Diante desse panorama, devem ser obrigatoriamente inseridos em todos os tipos de mídias visuais, atores que tenham papéis de importância equitativa aos comumente empregados, além de obras que devem ser adaptadas ao novo tipo de sociedade que está sendo construído. Ademais, deve-se incentivar os grupos de minorias em redes sociais e garantir que não haja seleções por raça, opção sexual e gênero na escolha de elencos e na produção de enredos. A importância da representatividade no cinema, na TV e na internet, contribui, acima de tudo, para a busca por uma sociedade utópica, onde os protagonistas tem liberdade para escolher quem e quando querem ser sem medo dos antagonistas.





Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!