O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

A importância da representatividade na publicidade

             Importante. Assim definimos a representatividade de diferentes etnias, orientações sexuais e culturas na publicidade, uma vez que semelhante ação implica fortes aberturas sociais, como um olhar menos estereotipado acerca das pessoas estigmatizadas durante uma conversação, seja essa pública, seja essa privada. Nesse sentido, convém analisarmos as causas da gênese que impõem como necessária tal conjuntura, pois, ao conhecermos a origem de um impulsionador coletivo, poderemos nos mobilizar, de maneira eficaz, para amenizar obstáculos circundantes ao tema. 


        Destacamos o vigorante preconceito destinado aos cidadãos possuidores de traços distintos dos delimitados pela construção de gênero do Brasil, o qual oferece sustento à limitação de indivíduos diversos na mídia. Segundo pesquisas do Instituto Locomotiva, somente 33% dos consumidores se veem representados nas propagandas. Esse fato se dá, ainda hoje, devido à discriminação existente no meio publicitário, visto que grandes empresas preferem censurar certas pautas sociais a correrem riscos referentes à não adesão das classes abastadas que, praticamente, dirigem a nação em variados campos financeiros. Logo, é visível e necessário que os setores estatais, responsáveis pela manutenção desse quadro, devem atentar-se a medidas que garantam mudanças significativas nesse âmbito correlativo entre identificação e estratégias comerciais que deveriam abraçar o todo. 


           Citamos, além disso, a baixa inclusão de divergentes ritos na publicidade como um aspecto que fomenta a mobilização coletiva em prol de ações consistentes representativas dentro desse círculo trabalhista, o qual influencia diretamente os indivíduos em redes sociais e em outros meios de comunicação. Em consonância com o filósofo Kant, notável pensador da Modernidade, a educação confere ao homem uma autonomia refrexiva esclarecedora. Pensando nisso, afirmamos que a colocação de diferentes modelos sociais em propagandas viabiliza a busca pela compreensão e tolerância da humanidade por seus iguais. Deste modo, vemos como o conhecimento, quando posto junto a atitudes publicitárias, é um elemento essencial tanto para o fim da discriminação, quanto para a persuasão positiva dada pelo setor supracitado. 


         Portanto, compreendemos que a representatividade na publicidade deve ser engajada e protegida frente aos seus impulsionadores. Destarde, ao Estado, órgão máximo dirigente do nosso território nacional, deve destinar verbas necessárias ao Ministério da Educação, a fim de que este possa iluminar, de maneira significativa, a mente dos jovens, por meio de subsídios para programas sociais que visem à reparação da exclusão dos desfavorecidos. Esperamos, com isso, aumentar a identificação publicitária dos compradores na sociedade brasileira. 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!