O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

A importância da música na vida das pessoas

A música, como uma das manifestações artísticas mais importantes que há, possibilita a expressão individual, o registro de sentimentos e histórias de vida marcantes. Além disso, é uma arte que possui muito poder de mobilização, servindo de plataforma para protestos políticos e de luta para movimentos sociais. No entanto, o abuso da licença artística ocasiona a propagação de mensagens negativas e discriminatórias, tornando imperativo instituir medidas acerca desse impasse.
Podendo-se definir como uma ??poesia cantada??, a música tem uma capacidade única de impactar subjetivamente os ouvintes. Isto é, através da melodia, harmonia e ritmo é concebível traduzir pensamentos, emoções e despertar sensações de bem-estar e nostalgia. Não podendo esquecer-se da letra musical, responsável por acrescentar interpretação à obra e provocar uma reflexão. Ademais, ela também funciona como um espaço de discussão e engajamento político. Bob Marley, por exemplo, foi um cantor e compositor jamaicano que se inspirou nas próprias vivências para compor sobre a guerra, o racismo e a universalização dos direitos civis. Em sua única visita ao Brasil, ele declarou que os músicos deveriam ser porta-vozes para as massas oprimidas. Inclusive, uma das suas canções, Redemption Song, trata-se da escravidão, da libertação negra desse infeliz acontecimento. Logo, Bob Marley utilizava suas obras para transmitir paz e esperança ao mundo, com o intuito de instruir as pessoas e apaziguar os conflitos.
Embora a música exerça uma função social significativa, alguns artistas a utilizam para ferir a integridade alheia. O rapper e compositor, Gabriel Contino, exemplifica muito bem esse problema ao lançar a canção, Loira Burra, em 1993. O músico, não só extrapolou os limites da licença artística inserindo termos pejorativos como, ??vaca?? e ??cadela?? na letra musical, mas também acentuou determinados estereótipos e o machismo presente na sociedade brasileira. O que é inaceitável por um ponto de vista moral, pois ele se aproveitou dos privilégios da liberdade criativa para perpetuar preconceitos e desrespeitar a existência de outrem. E jurídico, dado que o artigo 5º da Constituição Federal veda o anonimato. Ou seja, todos possuem a liberdade para dizer o que quiser, mas ao insultar ou caluniar alguém, o sujeito deve arcar com as consequências legais.
Em detrimento disso, se faz necessário tomar providências para resolver essa questão. Sendo a primeira instituição política na vida de um cidadão, a prevenção se inicia por meio da orientação e diálogo entre pais e filhos, incluindo os jovens que não querem seguir uma carreira artística. Segundo Immanuel Kant, o ser humano é aquilo que a educação faz dele. Quer dizer, passar por um bom processo educacional é imprescindível para a construção intelectual e moral de uma pessoa. Deste modo, o MEC poderá promover palestras ministradas por figuras relevantes da área musical em parceria a autoridades legais, para informarem tudo sobre a liberdade cultural. E, claro, por psicólogos, visando discutir a influência da música na formação de um indivíduo. Por fim, o MC juntamente com o MinC, poderiam revisar algumas leis da Constituição Federal referentes ao direito da livre expressão, com o intuito de reforçar as sanções aos transgressores e de evitar qualquer impunidade. Dessa forma, todos conseguirão produzir e aproveitar a arte da música, respeitosa e democraticamente.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!