O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

A importância da literacia familiar

A IMPORTÂNCIA DA LITERACIA FAMILIAR


 


A obra autobiográfica “Mãos Talentosas” relata a história de Ben Carson, um menino julgado “burro” que tornou-se um dos médicos mais respeitados dos Estados Unidos da América. No âmbito do livro, as consquistas de Ben devem-se à sua mãe, que ultrapassou quaisquer limites que a pobreza e o analfabetismo poderiam impor em prol de influenciar seu filho a ler. Assim, além de expor uma situação de superação promovida pela literatura, o livro torna essencial o debate sobre a importância da literacia familiar e o poder que ela exerce no desenvolvimento social e acadêmico dos indivíduos.


Primeiramente, é válido salientar que, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD), aproximadamente 7% dos brasileiros com 15 anos ou mais não sabe ler, sendo essa uma taxa que poderia ser amenizada através do incentivo à leitura pela família desde a tenra idade. Por outro lado, a maioria das famílias negligencia a introdução do hábito literário, crucial para o desenvolvimento da criança, muitas vezes por falta de tempo ou disposição, abrindo mão, também, de criar um momento de leitura que estreitaria os laços familiares . Como consequência, é formada uma geração de cidadãos cada vez mais desinteressados e ignorantes acerca dos conhecimentos de mundo.


Em segundo lugar, deve-se ressaltar a importância da literacia familiar no desenvolvimento pessoal dos cidadãos. Observa-se que um indivíduo que pratica a leitura desde a infância detêm inúmeras vantagens sobre alguém que cresceu privado dos prazeres que os livros são capazes de proporcionar. Confere-se, portanto, que os leitores ávidos são melhor sucedidos em um diálogo de uma entrevista de emprego ou na escrita de uma redação, por exemplo. Isso ocorre devido ao rico vocabulário e repertório sociocultural adquiridos pela leitura dos mais diversos textos, gerando pessoas mais cultas, criativas e que se destacam da maioria.


Portanto, medidas devem ser analisadas a fim de mitigar a problemática discutida. Nesse viés, urge que o Estado, com iniciativa do Ministério da Educação de Cultura (MEC), promova, através do devido direcionamento de verbas estatais, o incremento de campanhas e programas de incentivo à leitura como o “Conta pra Mim”. Desse modo, objetiva-se a promoção do hábito literário na vida das crianças, além dos benefícios às relações e vínculos familiares proporcionados pelos momentos de leitura. Assim, espera-se que, como em “ Mãos Talentosas”, a literatura transforme a vida de milhões de brasileiros, lhes proporcionando um futuro digno que ultrapasse suas próprias expectativas.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!