O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

A importância da literacia familiar

O Ministério da Educação lançou em 2019 a campanha "Conta pra Mim", cujo objetivo é incentivar o hábito da leitura entre pais e filhos. Nesse contexto, é inegável que o Brasil enfrenta empecilhos para tornar a literacia familiar uma atividade comum entre as famílias devido a dois fatores, a desigualdade social e o analfabetismo.
 


Primeiramente, é válido salientar que a desigualdade social impede a literacia familiar no Brasil. Durante a Idade Média, o clero e a nobreza, membros da aristrocacia, usufruíam de privilégios que a população em massa não possuia, como  a educação e cultura. Ademais, o acesso aos livros era restrito a quem tinha poder e dinheiro. Nesse sentido, é inaceitável que apesar de ter se passado séculos, apenas algumas classes sociais possuem acesso à leitura.
 


Em segundo lugar, vale ressaltar que o analfabetismo é um dos principais obstáculos para tornar a literacia familiar presente nos lares brasileiros. De acordo com o IBGE(Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em 2017, 11,8 milhões de pessoas são analfabetas no Brasil. Nessa perspectiva, é indiscutível que o analfabetismo dificulta a literacia familiar, visto que, muitos pais não sabem ler e por isso não leem para seus filhos.
 


Portanto, é necessário que se faça medidas capazes para motivar a literacia familiar no Brasil. Para tanto, urge que as escolas devem incentivar que os pais leiam para os filhos, por meio de diálogos entre pais e professores, mostrando a importância da literacia familiar e seus benefícios para a criança, com o intuito de que a leitura se torne uma atividade que aproxima famílias. Outrossim, o Ministério da Educação deve divulgar a capamha "Conta Pra mim" em propagandas na TV, com o efeito de tornar o projeto conhecido.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!