O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

A importância da Educação Física para o desenvolvimento infantojuvenil

A Constituição Federal garante, em seu artigo sexto, uma série de direitos sociais. Entre eles, está o direito à educação juntamente com todos os elementos que o permeiam. No entanto, apesar de tal garantia, o que se percebe, na sociedade brasileira atual, é a não aplicação dessa prerrogativa na prática, visto que a educação física para o desenvolvimento infantojuvenil é algo de extrema importância que, por não acontecer habitualmente nas escolas, torna-se um problema presente. É de suma importância compreender, portanto, que a falta de políticas públicas e a falta de consciência social são causas evidentes da matéria.


Em primeira análise, nota-se que a falta de políticas públicas é uma das razões pela qual o problema ainda persiste. Nesse sentido, Abraham Lincoln, ícone político americano, teceu diversas críticas ao sistema político no geral. Sempre reforçando a ideia que a política é serva do povo e não o contrário. Com efeito, em relação à falta de práticas esportivas nas escolas brasileiras, o que se percebe é justamente uma concepção oposta a que Lincoln defendeu, pois não há um conjunto de ações, planos, metas públicas voltadas para a resolução da questão, facilitando o  sendentarismo em crianças e jovens ,o que acaba prejudicando a saúde física e mental dessas pessoas.


Em uma segunda análise, é importante considerar que a falta de consciência social é causa evidente do assunto. Nessa lógica, o filósofo Karl Marx mostrava-se contrário à atuação governamental em suas proposições, como quando disse que " não é a consciência social que determina o ser, mas o contrário, é o ser social que lhe determina a consciência". É notório, portanto, que o poder público tem a obrigatoriedade constitucional de conscientizar cada ser social, em relação a quaisquer temas, principalmente no que tange ao incentivo da educação física fora do horário escolar, poís é importante para a sociedade compreender que a prática constante de atividades físicas melhora o estado emocional das crianças, o que acaba ajudando no desenvolvimento pessoal e profissional ao longo prazo.


Em síntese, algo precisa ser feito para solucionar o réves. Destarte, o Ministério da Educação, por meio das escolas e universidades, deve criar um projeto socioeducativo, com oficinas, palestras e debates, voltado para promover a conscientização da sociedade sobre  a importância da educação física no desenvolvimento infantojuvevil. Tal projeto deve ter abrangência nacional, inclusive por canal aberto, para que se apresentem os principais tópicos do tema. Espera-se, dessa forma, que a população possa estar inteirada do assunto e que o problema seja solucionado.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!