O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

A cultura do cancelamento

A Terceira Revolução Industrial, que começou em 1950 e ocorre até os dias atuais, proporcionou o desenvolvimento da tecnologia, trazendo benefícios e malefícios para a sociedade. Nesse contexto, é inegável que a cultura do cancelamento é uma problemática da internet devido a dois fatores. O primeiro deles são os efeitos negativos na saúde mental de quem foi "cancelado". O segundo fator é que essa forma de punição não é a mais eficiente de conscientizar alguém sobre seu equívoco.


Em primeiro lugar, é válido salientar que a cultura do cancelamento afeta negativamente a saúde mental das vítimas. De acordo com a OMS, mais de 300 milhões de pessoas no mundo sofrem de depressão (dados de 2015). Nesse sentido, o ato de ignorar e excluir alguém pela sua falha pode fazer com que se sinta isolada, podendo ocasionar assim depressão e até suicídio.


Em segundo lugar, vale ressaltar que "cancelar" alguém não é o método mais eficaz de conscientizá-las sobre seu equívoco. Nessa perspectiva, apenas criticar a pessoa pela seu erro, com a finalidade de fazer com que se sinta humilhada, não contribui para que ela compreenda o motivo de ter errado e que assim possa aprender e não cometer o mesmo desacerto novamente.


Portanto, faz- se necessárias medidas capazes de combater a cultura do cancelamento. Para tanto, urge que as redes sociais como o twitter e instagram, que são um meio para a prática acontecer, conscientizem seus usuários acerca da cultura, mostrando seus impactos na saúde mental de alguém, por meio de campanhas com psicólogos e sociólogos nas próprias mídias, com o intuito de mitigar o problema. Dessa forma, será possível que todos possuam a oportunidade de aprender com seus erros e servir de exemplo para outros


 


 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!