O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

A crescente descrença no pensamento científico no Brasil

    Na Idade Moderna, o filósofo e cientísta inglês Francis Bacon destaca em sua famosa frase "Saber é poder" a importância do conhecimento científico através da experimentação. Dessa forma, ele mostra que quanto mais conhecemos mais poder social teremos, porém, mesmo atualmente, séculos depois de Bacon, há quem negue fervorosamente o conhecimento trazido pela ciência. Tal atitude pode ser explicada pelas tendências humanas e podem causar graves consequências.


    Em seu livro "O mundo assombrado pelos demônios", o importante físico e astrônomo Carl Sagan afirma que as pessoas, por natureza, tendem a acreditar em coisas simples e fantasiosas, fator que facilita a rejeição do pensamento científico, que busca por sua vez compreender a complexidade do mundo. Sendo assim, correntes de pensamento com o intuito de explicar a natureza de forma simples e agradável são as mais escolhidas pela população, o que fez surgir as pseudo-ciências e as hipóteses criacionistas que não tem compromisso real com a verdade, pois baseam-se em falsas observações e dogmas.


    Em segunda análise, é necessário ressaltar que a desconfiança na ciência pode levar à graves consequências. Um exemplo disso é o motim ocorrido em 1904, conhecido como a Revolta da Vacina, no qual as descobertas levaram a fabricação de uma substância injetável, capaz de previnir diversos tipos de doenças. Entretanto, o desentandimento do povo e sua negação levaram a um conflito violento em prol de derrubar algo que seria de extremo benefício à população brasileira. Desta maneira, nos atuais dias a vacina foi aceita, mas a negligência ainda continua, mesmo em meio a tantos avanços, e pode causar mais protestos contra o bem do próprio povo brasileiro.


    Portanto, a crescente descrença no pensamento científico no Brasil trouxe no passado e continua trazendo sérios risco à nação. Mediante a essa problemática, torna-se necessário ações do Governo Federal. Logo, cabe ao Ministério da Educação, por meio de verbas públicas, contratar e capacitar professores para criação de uma nova disciplina na grade escolar que tem o intuito de ensinar os benefícios da ciência na sociedade e a veracidade de suas teorias. Espera-se assim, acabar com o analfabetismo científico e formar uma sociedade crítica e consciente.  

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!