O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

A crescente descrença no pensamento científico no Brasil

Sócrates, um dos filósofos mais conhecidos do mundo, achava que a vida sem a ciência seria uma espécie de morte. Ou seja, infere-se da ideia do pensador que o estudo científico é extremamente necessário ; contudo, no Brasil, além de não possuírem aporte governamental para suas pesquisas, cientistas brasileiros não recebem o justo reconhecimento populacional que merecem - o que pode causar perdas educacionais irreparáveis.
Uma política que não prioriza a educação, acarreta em sérios problemas educacionais como um todo. Porém, ao que se refere o ensino superior, nas universidades brasileiras como a Uerj, no Rio de Janeiro, está havendo, de forma crescente, um fenômeno denominado como ''fuga de cérebros''. O sucateamento das estruturas de laboratórios, a falta de acessórios e corte de bolsas de estudos, são motivos para que pesquisadores saiam do Brasil e vão para os outros países em busca de concluir seus estudos. A fuga de cérebros mostra-se extramente negativa ao ponto de que novas descobertas poderiam melhorar a qualidade de vida dos brasileiros e influenciar novos pesquisadores, no país.
Ademas, a conscientização de que a ciência transforma para melhor, encontra-se defasada. Depois de um dos maiores acidentes científicos das últimas décadas: o incêndio do Museu Nacional - detentor do quinto maior acervo mundial - não causar comoção ou preocupação em boa parte da população com os acervos e pesquisas de anos, percebe-se, então, a falta de credibilidade com a comunidade científica brasileira. Acontecimentos como esse, influenciam diretamente na vida dos brasileiros pois diminui a influência da ciência na vida das pessoas, principalmente das crianças pelo fato de que não poderão deslumbrar de bons conhecimentos e inibirá, assim, motivações para crescer o número de profissionais nessa área.
Com base nas ideias expostas, evidencia-se que o Brasil não terá grande progresso científico sem investimento educacional, seja em estrutura ou conscientização. O Ministério da educação deveria aumentar a verba para a educação a fim de que tornasse as universidades brasileiras mais tratativas para os pesquisadores, seja dando mais oportunidades por meio de bolsas ou comprando equipamentos de última geração para auxílio nas pesquisas. Além disso, desde o ensino básico, deveria mostrar o quão importante é a ciência na vida das pessoas por meio de palestras e passeios escolares para centros de pesquisas e museus, a fim de que influencie as novas gerações a acreditarem de que Sócrates estava certo.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!