ENTRAR NA PLATAFORMA
A crescente descrença no pensamento científico no Brasil
Culto ao inculto
A sociedade atual tem seguido o que foi dito pelo Marquês de Maricá: "Sempre haverá mais ignorantes que sabedores, enquanto a ignorância for gratuita e a ciência dispendiosa". Por consequência, o pensamento científico tem sido banalizado pelos pseudo pensadores, tecnologias da informação e pelo Grande Medo herdado do século XXI. Esses necessitam de medidas com o fim de preservar o conhecimento adquirido ao longo da História.
Em priori, muito tem se discutido nas redes sociais sobre o espectro político do regime Nazista, discussão que foi muito alavancada por formadores de opinião, em destaque o youtuber brasileiro Nando Moura que dizia pelo seu conhecimento provar o espectro do Regime. Entretanto, seu falso conhecimento foi desmascarado por outro influenciador do meio digital através de documentos e livros alemães de cunho histórico, político e filosófico. Inevitavelmente, outros pseudo pensadores usam os meios digitais para desmerecer o conhecimento científico, sempre apresentando, aparentemente, um grande conhecimento sobre política, teologia e ciência, mesmo sem formação em nenhuma das áreas. além de apresentar reportagens sensacionalistas de fontes duvidosas, citações filosóficas e religiosas distorcidas. Consequentemente, esses enganam os incautos, principalmente jovens e idosos.
Atualmente, no ano de 2014, a dona de casa Fabiana Maria de Jesus que foi linchada até a morte pelos vizinhos. O motivo, segundo o site G1, foi uma Fake News relacionando o seu nome com rituais de magia negra com crianças. De maneira semelhante, a ciência tem sido denegrida através de notícias falsas, principalmente vacinas e tratamentos contra o câncer, pois além da população não busca se a fonte é verdadeira, muitos compartilham, inclusive dezenas de vezes ao longo do dia aquelas, que devido ao poder de alcance das tecnologias da informação, chegam até aos locais mais isolados do país.
Além disso, o século XXI se iniciou com grandes ataques terroristas como o 11 de Setembro, bem como os escândalos de espionagem internacional trazidos por ex espiões e diplomatas das maiores nações do mundo através da internet como o site Wikileaks. Isso gerou um grande terror na população, levando á dúvida e ao descrédito de cientistas e políticos. Resultando no reacendimento de debates, interpretações errôneas e teorias de conspiração sobre o Estado, fomentando o medo principalmente entre os mais humildes.
Portanto, cabe às empresas de tecnologia da informação expor aos seus usuários sobre o nível de graduação de seus influenciadores ao abordarem assuntos políticos e científicos, com o intuito de respeitar o direito à liberdade de expressão sem causar males aos outros. Além disso, tanto Estado com à iniciativa privada, deveriam criar e ampliar serviços de verificação e de Fake News que abranjam do nível regional ao global, visando evitar casos como a dona de casa linchada e ainda gerando novos empregos no país. Bem como a União levar educação e cultura pelas redes sociais, através de páginas e vídeos com uma abordagem simples de fácil compreensão. Sendo assim, o Brasil acabará com o crescente culto ao inculto.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde