O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

A crescente descrença no pensamento científico no Brasil


Segundo o Ministério da Saúde, casos de doenças praticamente erradicadas
no Brasil estão voltando a aparecer nos últimos anos, tendo a descrença na
ciência uma grande responsável. Esse pensamento pode estar relacionado
com o atual sentimento do brasileiro referente ao seu país, principalmente
sob aspecto político, e tem como grande aliada a baixa qualidade do siste-
ma educacional.
A desconfiança na ciência, baseada na descredibilidade do governo não
é novidade na História brasileira: o mesmo cenário motivou o que se deno-
mina hoje como a Revolta da Vacina, em 1904 no Rio de Janeiro. A perda de
confiança da nação em seu corpo administrativo estatal é preocupante, so-
bretudo quando as autoridades políticas passam a representar o pensamen-
to científico, o que ocorre no Brasil em decorrência da construção educacio-
nal de bases tão fracas, oferecida para os cidadãos.
Dessa forma, a ciência ocupa um espaço de pouca autoridade no repertório
de conhecimento dos indivíduos que frequentaram o sistema pública de en-
sino, ou seja, a maior parte dos brasileiros, segundo o Ministério da Educação.
A formação educacional enfraquecida abre espaço para valores com forte in-
fluência religiosa, como ocorreu durante a Idade Média, quando a Igreja sobre-
pôs-se à ciência, favorecendo a alienação em massa dos camponeses. Reflexo
disso é a disseminação de conceitos descabidos, sem qualquer respaldo cien-
tífico que, infelizmente, manifesta-se de forma negativa sobre os brasileiros.
É urgente, portanto, recuperar a credibilidade da ciência no Brasil, sob risco de
graves consequências à nação, sob aspecto geral. Para isso, o Ministério da
Educação, junto às Secretarias, deve investir em peso no combate à questão,
a partir da elaboração de feiras científicas, organizadas anualmente pelas pre-
feituras de cada município. Enquanto isso, a mídia deve esforços para compar-
tilhar sobre a importância da ciência para a humanidade e para o mundo, incen-
tivando a busca contínua por conhecimento, valorizando o saber assim como
valoriza o "ter". Assim, quem sabe, nos afastaremos de um segundo abismo
frente ao desenvolvimento do Brasil e do mundo.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!