O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

A crescente descrença no pensamento científico no Brasil

Em meados do século passado, o escritor Stefan Zweig chegou ao Brasil fugindo da perseguição nazista. Impressionado com sua nova casa, Zweig escreveu um livro cujo título se tornava um lema: "Brasil, o país do futuro". Entretanto quando se observa a crescente descrença no pensamento científico na sociedade brasileira, percebe-se que o país do futuro não aprendeu a tomar conta do futuro do país. Nesse contexto, identificar as causa desse problema torna-se a melhor maneira de encontrar as verdadeiras soluções.
Em primeiro plano, pode-se dizer que o que desencadeia a descrença no pensamento científico é o medo, causado pela aflição de ver o filho sofrendo com alguma reação alérgica a vacinação por exemplo, ou então pela falta de informações a respeito da importância da mesma quando se vive em uma sociedade. Esses dois aspectos acabam afetando não só a decisão acerca da vacinação, mas também aos do avanço tecnológico, uso de novas drogas (como exemplo tem-se a maconha, que já é usada em alguns países para o tratamento de doenças como a Síndrome Parkinsoniana), e vários outros.
Em mais profunda análise, podemos citar o envolvimento de comunidades religiosas, que muitas vezes fazem a cabeça de seus seguidores a respeito de inovações no campo científico, os incentivando a serem mais tradicionais e dizendo que essas mudanças não seriam necessárias. Outro grupo entre os vários existentes que vale a pena ser lembrado, são os naturalistas, que acreditam haver uma cura natural para toda e qualquer doença, pensamento esse que a tempos já foi comprovado errôneo.
Torna-se evidente, portanto, que para que o escritor Stefan Zweig esteja certo e o Brasil seja o país do futuro, são necessárias mudanças. Cabe ao governo federal, em conjunto com todos os estados e municípios, maior investimento em campanhas nas áreas da saúde, educação e até mesmo agricultura, que visam concientizar a população e acabar com o pensamento de que outras ideias se não as que tem comprovação científica, como "reiki" e homeopatia, são mais corretas e confiáveis, demonstrando por meio de propagandas televisivas que inovações são indispensáveis e somente melhoram a vida da população. Não ha solução mágica, somente de forma lenta e gradual poderemos diminuir e um dia acabar com a descrença no pensamento científico no Brasil.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!