Texto I

“[…]A cultura pode ser considerada uma vasta riqueza, mas é intangível e subjetiva. Se a alegação de interesse social ou cultural for suficiente para o provisionamento de vastos recursos públicos para algo que não é essencial, penaliza-se justamente os que mais dependem dos recursos públicos e menos podem se proteger da inflação: os de baixa renda, os mesmos que sofrem com altos impostos em tudo que precisam consumir. Simples e objetivo: o que é privado deve ser custeado apenas e tão somente pelos mesmos que lucram ou têm interesse em sua realização; os demais devem poder escolher onde empenham os próprios recursos.”

Fonte: http://www.gazetadopovo.com.br/opiniao/artigos/punicao-a-quem-mais-depende-da-verba-publica-4bi0cjfsaoc5282xuh9bw81dc

redacao-online-enem

Texto II

“[…] faz-se importante lembrar que o Decreto-Lei 25, de 1937, conceitua o carnaval como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, vinculando-o a fatos memoráveis da história do Brasil com excepcionais valores artísticos. O carnaval não é só uma festa do povo, como também gera ocorrências locais e regionais consideradas pelo Ministério da Cultura, Iphan e Unesco como patrimônios imateriais brasileiros. O artigo 216 da Constituição de 1988 incorpora elementos da moderna visão do que seja o cultural e, sem dúvida, cabe ao governo fundamentar-se no Sistema Nacional de Cultura de forma descentralizada e participativa (Emenda Constitucional 71, de 2012) para planejar e organizar os festejos no sentido de ampliar a participação popular e o orgulho nacional.”

Fonte: http://www.gazetadopovo.com.br/opiniao/artigos/um-patrimonio-publico-nacional-b96dfu1mht2e2rdp83dulvwts

Texto III

Fonte: https://twitter.com/Vieeiraffc/status/961965631280222215

Com base nos textos motivadores e no seu conhecimento, produza um texto dissertativo-argumentativo tendo como tema: Carnaval: cultura a ser preservada ou futilidade?

ESCREVER SOBRE ESTE TEMA!

Comentários do Facebook