Já bateu aquele cansaço de fim de ano?

Redação enem

Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima porque a segunda fase da FUVEST tá logo ali, no comecinho de 2018. E se você ainda não sabe como se dar bem na redação, fique ligado nas dicas abaixo.

Fuvest exige  uma dissertação argumentativa, o que significa que, além de abordar o tema, você deve se posicionar sobre ele. No entanto, mesmo se tratando da sua opinião, não use a primeira pessoa do singular (eu) no texto, ok?

Além disso, na hora de argumentar, não se esqueça de fundamentar a sua redação.

Não sabe como fazer isso?

Procure sempre trabalhar com exemplos concretos. Caso contrário, sua redação ficará baseada em “achismos”, o que não é legal.  A gente sabe que vestibulando tem um monte de coisa para estudar e é exatamente por isso que acreditamos que você tem conhecimento aí guardado na caixola!

Antes de olhar para o tema de redação e reproduzir o clássico pensamento “eu não sei nada sobre isso!!!!!”, lembre-se que você é um vestibulando, logo, estudou conteúdos de literatura, geografia, história, filosofia e sociologia e traz na bagagem mais de 10 anos de estudo no ensino regular. Além disso, você não é um ET que acabou de chegar na Terra, o que significa que você tem, pelo menos, a mínima ideia do que está acontecendo à sua volta, né?

Além de usar o seu conhecimento, é bacana seguir estas diquinhas maneiras:

  1. Leia o título com muita calma e rabisque as palavras-chaves que lhe parecerem importantes;
  2. faça o mesmo com os textos motivadores;
  3. problematize o tema por meio de perguntas como “qual a ideia central?”, “qual o problema?”, “qual a origem dele?”, “por que persiste?”, “tem solução?”;
  4. escreva tudo o que viver na cabeça, buscando fazer associações com com outros conteúdos/coisas que você já conhece
  5. planeje o seu texto. Determine, em tópicos, o que vai abordar em cada parágrafo.

Pronto! Você já tem o “esqueleto” da sua redação.

E como desenvolver os tópicos planejados???

Na introdução, contextualize o tema e delimite a tese. Não lembra o que é tese? Assista esse vídeo:

Essa tese deve ser defendida até o fim do texto. Depois, escolha pelo menos dois bons argumentos e defenda-os um em cada parágrafo do desenvolvimento. Reitero que é muito importante trazer referências que ratifiquem o seu posicionamento. Isto será o diferencial da sua redação: investimento autoral. Na conclusão, retome a tese e ofereça sugestões de solução (caso você esteja lidando com um problema).

Além disso, não se esqueça do básico: use uma linguagem objetiva e adequada à norma padrão e use conectivos para que as ideias não fiquem soltas.

E como a prática leva à perfeição, chegou a hora de escrever.

Manda ver aí e envie sua redação pra nós! Não sei se você sabe, mas a gente corrige! 😛

Comentários do Facebook