CONFIRA O TEMA CLICANDO AQUI!

Há anos as questões sobre as condições de emprego e o crescente desemprego vêm sendo discutidos em nosso país, muito por conta do agravamento da crise econômica que se arrasta há tempos em território brasileiro.

Atualmente, a situação da empregabilidade foi ainda mais atingida por conta da pandemia do coronavírus, que simplesmente escancarou a desigualdade e a falta de políticas públicas de proteção e garantia ao trabalho no Brasil.

A informalidade ganhou um grande espaço no cenário do mundo do trabalho quando uma pesquisa realizada em 2019 pela PNAD e pelo IBGE apontou que mais de 41% da força de trabalho brasileira em idade ativa está na informalidade.

Como você pôde perceber nos textos motivadores, o próprio índice de informalidade varia, oscilando entre 41,1% e 41,9%. Esse fato é um indicativo do quanto é difícil ter dados concretos sobre os trabalhos informais. Algo que é bastante previsível.

As atividades de trabalho informais não possuem contrato registrado, comprovantes, notas, nem nenhum documento que dê conta de revelar com precisão o que realmente está acontecendo no segmento.

Mesmo diante de informações um tanto quanto confusas, procuramos selecionar as melhores fontes de pesquisa para que você, leitor, possa redigir sua redação com o máximo de qualidade.

Paola Carosella GIF by MasterChef Brasil - Find & Share on GIPHY

1- Artigo sobre o conceito de trabalho.

Disponível em: https://fredfbf.jusbrasil.com.br/artigos/121942857/quais-os-requisitos-para-ser-considerado-empregado

Acesso em 07/09/2020.

Vamos mais uma vez começar pelo princípio mais básico: o que pode, ou não, ser considerado trabalho? Para termos uma resposta correta, nossa melhor alternativa é observarmos o que a lei de nosso país diz a respeito.

No artigo acima, curto e simplificado, é possível compreender qual a definição de trabalho e quais as características dele.

2- Artigo sobre as características do trabalho formal e do trabalho informal.

Disponível em: https://mundoeducacao.uol.com.br/geografia/trabalhos-informais.htm

Acesso em 07/09/2020.

Existem características bastante específicas que definem o que é trabalho formal e o que é trabalho informal na sociedade brasileira (considerando que isso pode variar de sociedade para sociedade) e essa a discussão que o texto traz, apresentando, inclusive, as vantagens e desvantagens de cada tipo de trabalho.

3- Artigo com uma visão romantizada sobre o trabalho informal.

Disponível em: https://www.ibccoaching.com.br/portal/coaching-e-carreiras/o-que-e-trabalho-informal-e-formal/

Acesso em 07/09/2020.

O link acima também te levará a um artigo que tem como tema central a conceituação do que é trabalho formal e do que é trabalho informal, mas note como a informalidade é bastante romantizada.

Esse traço se justifica quando analisamos o tipo da página em que o texto está inserido. Por se tratar de uma página sobre uma escola de formação de coachings, atividade exercida informalmente em grande parte das vezes, é natural que eles “puxem a sardinha para o lado deles”, como se dizia antigamente.

4- Entrevista com especialista em Ciências Sociais sobre trabalho informal.

Neste vídeo, você poderá ter acesso a algumas informações trazidas por um cientista social sobre a questão do trabalho informal no Brasil, com foco especial na situação das comunidades do Rio de Janeiro.

O vídeo é bastante focado em demonstrar como as políticas públicas no segmento de geração, proteção e garantia ao trabalho precisam de melhorias urgentes.

5- Reportagem no YouTube sobre desemprego e informalidade.

São várias as pesquisas e os estudos que apontam que o brasileiro não tem migrado para um trabalho informal por opção, mas sim como única opção. É na informalidade que o trabalhador de nosso país tem encontrado uma forma mais rápida e simples de sobreviver.

Na reportagem indicada acima, você conhecerá mais especificamente a condição do Amazonas.

Há também algumas pessoas que usam o trabalho informal como alternativa de complemento de renda, já que os salários em nosso país são, muitas vezes, abaixo do ideal. Você pode conferir mais sobre o assunto no vídeo abaixo!

6- Matéria sobre o empreendedorismo como forma de mascarar a falta de oportunidade de trabalho no Brasil.

Disponível em: https://www.redebrasilatual.com.br/trabalho/2020/01/uso-da-palavra-empreendedorismo-esconde-a-precarizacao-do-trabalho/

Acesso em 07/09/2020.

Você já deve ter ouvido falar-se muito em empreendedorismo por aí. Ser empreendedor parece muito belo na teoria, mas o incentivo massacrante para que as pessoas empreendam e sejam “donas de seu próprio negócio” pode esconder falhas gravíssimas no nosso sistema de acesso ao trabalho.

7- Vídeo no YouTube com o contraponto do trabalho informal.

Até aqui, vimos quantos pontos negativos existem no trabalho informal, desde a desvalorização do trabalhador até a negação de direitos, mas eis que neste vídeo você terá contato com outro ponto de vista de alguém que trabalha informalmente e que tenta entender toda a polêmica em torno do assunto.

8- Texto com as principais leis trabalhistas em outros países.

Disponível em: https://revistagalileu.globo.com/Revista/noticia/2018/04/conheca-legislacao-trabalhista-de-diferentes-partes-do-mundo.html

Acesso em 07/09/2020.

E se você está achando que o Brasil é o pior país do mundo para se trabalhar, sentimos muito mesmo em informar-lhe, mas isso, infelizmente ou felizmente, não é verdade, tem país por aí que opera sob leis trabalhistas bem mais severas do que as nossas.

O texto apresenta os direitos comuns aos trabalhadores brasileiros e aponta como se dá a existência desses direitos em outros países diversos.

9-  Livro O Olho da Rua, de Eromar Bomfim.

Editora: Nankin

Ano de publicação: 2007

O Olho da rua - Livros na Amazon Brasil- 9788577510146

A narrativa trata da história de Anselmo, um homem desempregado que está em busca de uma nova colocação no mercado de trabalho. Até aí, sem novidades, certo? Afinal, é bastante comum que uma pessoa que esteja sem emprego saia à procura de uma vaga, mas há um “detalhe” no enredo que faz com que a história de Anselmo seja especial.

Além de contar toda a trajetória exaustiva de Anselmo, o livro revela o preconceito social que o personagem vive por conta de seu desemprego, preconceito que beira até mesmo a exclusão.

Passagens que transparecem abandono, tristeza e desesperança também têm seu lugar na obra.

10- Filme: À procura da felicidade.

Gênero: Drama.

Ano: 2006

Disponível por locação no YouTube Filmes.

Um dos melhores filmes da carreira do ator Will Smith. E olha que ele tem muita coisa excelente no currículo, hein.

Apesar de não ser ambientado no Brasil, À procura da Felicidade consegue te fazer sentir quão duro, sofrido e angustiante a busca por uma colocação de trabalho decente pode ser.

Se você nunca assistiu a este filme, não pode perder mais tempo.

Estamos torcendo para que você aproveite todas as nossas indicações a fim de redigir uma redação de alto padrão.

Até a próxima!

QUERO APRENDER REDAÇÃO!

Leia também:

Tema de Redação: Trabalho Escravo em discussão no Brasil

Tema de Redação: As dificuldades de inserção de universitários e recém-formados no mercado de trabalho

Tema de redação: O reflexo da tecnologia no mercado de trabalho e as novas profissões

Tema de Redação: Excesso de trabalho e saúde mental

Tema de Redação: Jornada de Trabalho no Brasil

 

 

Comentários do Facebook