Os limites da tolerância na sociedade | Tema de redação

por | abr 22, 2022

Leia os textos motivadores a seguir e, com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo sobre o tema “Os limites da tolerância na sociedade”.

Após ler a proposta, confira uma lista de repertórios socioculturais que preparamos sobre o tema!

TEXTO 1

“Tolerância é um termo que vem do latim tolerare, que significa suportar ou aceitar. A tolerância é o ato de agir com condescendência e ter aceitação perante algo que não deseja ou que não se pode impedir. Em termos conceituais, a tolerância é o ato ou efeito de tolerar. É atitude que consiste em permitir aos outros a liberdade de exprimirem suas opiniões; é aceitação, disposição ou tendência para perdoar erros ou falhas; enfim, é ser indulgente. […]

A tolerância é uma atitude fundamental para quem vive em sociedade. Uma pessoa tolerante normalmente aceita opiniões ou comportamentos diferentes daqueles estabelecidos pelo seu meio social. Ser tolerante implica na aceitação de que todo indivíduo tem a livre escolha das suas convicções, bem como enxergar que o outro tem o direito de desfrutar da mesma liberdade. Ser tolerante não significa ser bobo. Tolerância não é sinônimo de tolice. O tolerante não faz tempestade em copo d’água. É dócil ao contato interpessoal.”

Fonte: Diniz Telmo. Tolerância. O Tempo, 2018. Disponível em: https://www.otempo.com.br/opiniao/vida-saudavel/tolerancia-1.1854044. Acesso em: 21 abr. 2022.

TEXTO 2

Fonte: https://speglich.blogspot.com/2014/01/foto-ricardo-almeida-envelhecer-e-como.html

TEXTO 3

Quais as origens da intolerância?

Mas afinal, por que a sociedade se torna intolerante? De acordo com o Dossiê sobre Intolerância do Guia do Estudante, são três as principais motivações para comportamentos intolerantes. Vamos entender cada um deles?

Intolerância: isolamento e cultura do medo

A dificuldade em aceitar diferenças faz com que se veja uma ameaça naquele que não é um semelhante, o que como consequência gera um isolamento de grupos. Exemplos de situações como essa são o isolamento de minorias historicamente excluídas, como os negros e os índios. Atualmente, devido à crise imigratória, também há casos de isolamento em relação à imigrantes e refugiados, que pelo impacto que podem causar nos países que chegam, passam a ser vistos como inimigos.

Intolerância: individualismo e imediatismo

A coletividade e solidariedade dão lugar ao individualismo. Isso significa que o indivíduo está mais preocupado com as satisfações pessoais do que em pensar no coletivo. O imediatismo, por sua vez, retrata uma sociedade de pessoas que não se interessam em ouvir opiniões divergentes das suas. Ou seja, se há uma crença definida e pouca disposição para entender diferentes pontos de vista, há maiores chances de que comportamentos intolerantes sejam praticados.

Intolerância: as crises políticas e econômicas

As crises, tanto políticas quanto econômicas, costumam fortalecer grupos políticos que defendem comportamentos intolerantes. Isso porque, quando um país enfrenta uma crise, é comum que se busquem culpados – nesses momentos, surgem figuras políticas de posicionamento mais extremo com propostas simples para problemas complexos.

Para ficar mais claro, vamos pegar o próprio exemplo do Holocausto. A Alemanha enfrentava uma situação econômica difícil desde que foi derrotada na Primeira Guerra Mundial. A ideologia Nazista defendia que os judeus eram culpados pela crise e, bom, o final da história você já sabe.

Outro exemplo mais recente é o surgimento de vários partidos de extrema direita na Europa, que defendem o fechamento das fronteiras para evitar a entrada de imigrantes, que são entendidos como uma ameaça à seu padrão de vida, segundo alguns grupos de pessoas. Fenômeno semelhante ocorre nos Estados Unidos, onde se propõe construir um muro para evitar a entrada de imigrantes.

Fonte: https://www.politize.com.br/o-que-e-intolerancia/

TEXTO 4

“Em um artigo excepcional que integra o livro “A Intolerância”, publicado no Brasil pela Editora Bertrand, o ex-ministro da Suécia Per Ahlmark lança uma questão que serve para o nosso tempo. Segundo ele, o mundo democrático demorou tempo demais para confrontar Adolf Hitler diante dos sinais que vinham na Alemanha. Em 1935, ou 4 anos antes do começo da Segunda Guerra, Hitler reiniciou a produção de armamentos e restabeleceu o serviço militar obrigatório no país, medidas que desrespeitavam o Tratado de Versalhes. Ele mostrava, a partir dali, quais eram as suas intenções. Mesmo assim, a Europa democrática e os Estados Unidos, as forças capazes de impedir o avanço do líder alemão, nada fizeram. Em 1939, a Alemanha invadiu a Polônia e o resto da história não precisa ser contada. […]”

Fonte: Segalla, Amauri. Devemos tolerar o intolerável? Istoé, 2016. Disponível em: https://istoe.com.br/devemos-tolerar-o-intoleravel/. Acesso em: 21 abr. 2022.

Repertórios para o tema “Os limites da tolerância na sociedade”

Agora que você leu os textos motivadores, confira a seguir a lista de repertórios socioculturais que preparamos sobre o tema “Os limites da tolerância na sociedade”. Mas lembre-se de não se limitar a eles quando for escrever a sua redação! Use a criatividade e escolha um repertório que faça mais sentido para o seu ponto de vista, combinado?

Confira a lista a seguir!

Vídeo | Preconceito não é opinião

Neste vídeo, Rita Von Hunty conversa com Astrid Fontenelle, Pitty, Monica Martelli e Gaby Amarantos sobre os limites da tolerância e questiona se todos têm o direito de expressar a sua opinião, mesmo sendo preconceituosa. Confira:

Livro | “Pedagogia da tolerância”, Paulo Freire (2020)

O livro “Pedagogia da tolerância” reúne textos de Paulo Freire, organizados por Ana Maria Araújo Freire, sobre diversos temas, como ensino/aprendizagem, ação cultural e cidadania. O título do livro faz referência ao que o autor defendia: a tolerância com as diferenças para a construção de uma sociedade mais democrática.

Dados | Denúncias de crimes de intolerância crescem 24% em SP

De acordo com a Secretaria da Justiça e Cidadania, durante os sete primeiros meses de 2021, foram registradas 311 denúncias de três tipos de crimes de intolerância: racial, religiosa e relativa à orientação sexual e/ou à identidade de gênero. Confira a matéria completa neste link.

Documentário | Intolerância (2016)

O documentário “Intolerância”, com direção de Susanna Lira, investiga o que motiva os crimes de ódio e a intolerância na sociedade brasileira. O filme está disponível na Globo Play.

Filme | Crash, no limite (2004)

“Crash: no limite” (2004) é um bom filme para refletir sobre os limites da tolerância. O filme se passa em Los Angeles nos EUA, uma cidade onde a diversidade cultural é enorme e a intolerância entre as diferentes etnias prevalece. Assista ao trailer a seguir:

Gostou da proposta de redação da semana? Queremos muito saber o seu ponto de vista sobre o tema! Escreva a sua redação sobre “Os limites da tolerância na sociedade” e envie em nossa plataforma que nós corrigimos em até 3 dias úteis!

<a href="https://redacaonline.com.br/blog/author/marinadias/" target="_self">Marina Dias</a>

Marina Dias

Bacharela em Letras Língua Portuguesa e Literaturas pela UFSC, revisora de textos e redatora.
Assine um plano do Redação Online
Como fazer uma Redação do zero
Guia da Redação ENEM: tudo o que você precisa saber
Como tirar nota mil na Redação ENEM