SOMENTE HOJE: 20% OFF usando o cupom PROMO20 em todos os planos!

Proposta de intervenção: passo a passo e exemplos

proposta de intervenção

E aí, RedAluno! Na redação do Enem, a Competência 5 avalia a habilidade de elaborar uma proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos. A proposta de intervenção deve estar presente no parágrafo de conclusão e visa sugerir iniciativas para enfrentar o problema apresentado no tema. Então, como fazer uma proposta de intervenção? Vamos explorar os passos essenciais para construir uma intervenção eficaz e detalhada. 📚✍️

Primeiramente, uma proposta de intervenção é uma sugestão de medidas práticas que busquem solucionar o problema apresentado no tema da redação. Na redação do Enem, essa proposta deve ser detalhada e respeitar os direitos humanos, compondo um parágrafo conclusivo que apresente soluções viáveis e coerentes com os argumentos discutidos ao longo do texto.

1. Educação:

“Em suma, medidas são necessárias para resolver os problemas discutidos. Cabe à escola, instituição responsável pela formação de opinião, realizar rodas de conversa com os alunos sobre a problemática da/do [tema]. Essa ação pode ocorrer por meio da atuação de [profissionais da área], que irão desconstruir a visão discriminatória dos estudantes, além de mostrar dados/informações relevantes sobre a/o [tema]. Espera-se, com essa medida, que [resultado esperado] seja diminuído.”

2. Mídia:

“Portanto, é crucial que a mídia – instrumento de ampla abrangência – informe à sociedade a respeito de [tema], por meio de comerciais periódicos nas redes sociais e debates televisivos, com o fito de formar indivíduos informados. Em paralelo, o Estado – principal promotor da harmonia social – deve promover a representatividade de [grupo relacionado ao tema], por intermédio de incentivos monetários para produzir obras sobre o tema, a fim de mitigar o problema. Assim, o corpo civil será mais educado e a/o [tema] não será uma realidade do Brasil.”

3. Economia:

“Portanto, para enfrentar o desafio de [tema], medidas efetivas devem ser implementadas. Assim, é essencial que o [organização/governo/sociedade] adote [ação específica], por meio de [estratégia ou ferramenta específica], visando [objetivo específico]. Além disso, é crucial aumentar a conscientização sobre [aspecto relacionado ao problema], mediante campanhas educativas e inclusão de [detalhe, exemplo, citação, conceito], para garantir [resultado esperado].”

Antes de tudo, olha só o vídeo perfeito que a professora Chay preparou! Como elaborar uma proposta de intervenção para a redação do Enem . Sem dúvida, este vídeo vai aprimorar ainda mais o conteúdo que você está aprendendo aqui. Não perca essa oportunidade de dar um upgrade na sua redação!

Para elaborar uma conclusão eficaz na redação do Enem, siga estes passos:

  1. Retome o Problema: no primeiro período do tópico frasal da conclusão, retome o tema e os argumentos abordados durante a redação.
  2. Inicie com um Conectivo de Conclusão: use conectivos que indiquem a conclusão, como “portanto”, “desse modo”, “assim”.
  3. Utilize os cinco elementos da Proposta de Intervenção: inclua ação, agente, meio, finalidade e detalhamento.
  4. Feche com repertório: Retome um repertório abordado durante o texto para concluir a proposta de intervenção.
  1. Portanto;
  2. Assim;
  3. Desse modo;
  4. Dessa forma;
  5. Em suma;
  6. Por fim;
  7. Logo;
  • Retome o tema e os argumentos.
  • Inicie com um conectivo de conclusão.
  • Utilize os cinco elementos da proposta de intervenção: ação, agente, meio, efeito e detalhamento.
  • Feche com um repertório da introdução.

Os 5 agentes na proposta de intervenção da redação do Enem são:

  • Governo: responsável pela criação e implementação de políticas públicas.
  • Ministério da Educação: implementa melhorias e regulamentações na área educacional.
  • Ministério da Saúde: trabalha para promover a saúde e o bem-estar da população.
  • Ministério do Meio Ambiente: atua na preservação ambiental e no uso sustentável dos recursos naturais.
  • ONGs: organizações não governamentais que trabalham em diversas frentes sociais.
  1. Importância da proposta: demonstrar preparo para exercitar a cidadania e atuar na realidade, respeitando os direitos humanos.
  2. Relação com o Texto: a proposta deve estar integrada ao projeto de texto, sendo coerente com o ponto de vista e argumentos apresentados.
  3. Coerência e articulação: a intervenção deve responder aos problemas abordados, mostrando-se articulada ao projeto de texto do autor.
  4. Elementos de uma boa proposta: apresentar uma ação concreta e específica, indicando o ator social responsável, o meio de execução, o efeito ou finalidade e detalhes adicionais.

A prova de redação do Enem exige que a intervenção respeite os direitos humanos. São considerados desrespeitos aos direitos humanos:

  1. Dignidade humana
  2. Igualdade de direitos
  3. Reconhecimento e valorização das diferenças e diversidades
  4. Laicidade do Estado
  5. Democracia na educação
  6. Transversalidade, vivência e globalidade
  7. Sustentabilidade socioambiental
  1. Retomada do Tema: breve retomada do tema abordado, estabelecendo a conexão com os argumentos.
  2. Elementos de coesão: conectivos ou expressões usadas para garantir a fluidez do texto.
  3. Agente: quem irá executar a ação (e.g., governo, sociedade civil, escolas).
  4. Ação: o que precisa ser feito para resolver ou mitigar o problema.
  5. Meio/Modo: como a ação será realizada (estratégias, métodos).
  6. Detalhamento: informações adicionais que especificam algum(uns) dos elementos mencionados.
  7. Efeito: resultado esperado após a implementação da ação.
  8. Fechamento: conclusão com frase de impacto, podendo retomar um repertório.
  1. Defina o Problema: clarifique o problema que será abordado.
  2. Estabeleça metas: determine objetivos claros e mensuráveis.
  3. Desenvolva estratégias: planeje ações específicas para alcançar as metas.
  4. Identifique recursos: liste os recursos necessários para a execução do plano.
  5. Monitore e avalie: acompanhe o progresso e avalie os resultados.

Além disso, para dar início à conclusão, é preciso fazer uma retomada do tema e dos argumentos que foram abordados durante a redação. Então, a seguir, cinco formas de fazer isso:

  1. Dessa forma, percebe-se que o debate acerca do (tema) é fundamental para a construção de uma sociedade mais igualitária.
  2. Portanto, pode-se inferir que o(a) tema é relevante e precisa de soluções.
  3. Urge, pois, que medidas sejam encontradas com o intuito de coibir o problema.
  4. Desse modo, é necessária a atuação estatal para a resolução do impasse.
  5. Por fim, é necessária a ação conjunta do Estado e da sociedade para mitigar o problema.

Em suma, para finalizar a conclusão, é necessário fazer uma frase de efeito, que dê um fechamento da ideia com a finalidade de resolução do problema. Nesse sentido, pode-se retomar algum repertório que foi citado durante o texto. Por isso, recomenda-se colocar o repertório da introdução, para fechar o ciclo da redação. A seguir, cinco formas de fazer isso:

  1. Feito isso, o conflito vivenciado no/na [livro, filme, música…] não se tornará realidade.
  2. Quiçá, assim, tal quadro se reverterá, sobretudo na perspectiva brasileira, fazendo jus ao que fora preconizado pelo/a pensador/a [nome do pensador].
  3. Espera-se, com isso, que os brasileiros possam ter a liberdade de escolha garantida.
  4. Dessa forma, garantir-se-á o combate à [área relacionada ao tema].
  5. Dessa forma, será possível construir uma sociedade mais autônoma e consciente.

Aliás, ao elaborar sua proposta, procure responder às seguintes perguntas:

  1. O que é possível apresentar como solução para o problema? (ação)
  2. Quem deve executá-la? (agente)
  3. Como viabilizar essa solução? (meio/modo)
  4. Qual efeito ela pode alcançar? (finalidade)
  5. Que outra informação pode ser acrescentada para detalhar a proposta? (detalhamento)

A ação é o que deve ser realizado para resolver ou mitigar o problema apresentado no tema, ou seja, deve ser uma medida concreta e específica.

Exemplos de ação:

  • Faça escritórios educacionais;
  • Executar projetos sociais;
  • Implementar políticas públicas;
  • Desenvolver campanhas de informação;

O agente é a entidade ou pessoa responsável por executar a ação proposta. Pode ser uma instituição pública, uma organização não governamental, ou qualquer grupo social.

Exemplos de agentes:

  • Governo: responsável pela criação e implementação de políticas públicas.
  • Ministério da Educação: implementa melhorias e regulamentações na área educacional.
  • Ministério da Saúde: trabalha para promover a saúde e o bem-estar da população.
  • Ministério do Meio Ambiente: atua na preservação ambiental e no uso sustentável dos recursos naturais.
  • ONGs: organizações não governamentais que trabalham em diversas frentes sociais.
  • Família: base da sociedade, pode influenciar atitudes e comportamentos.
  • Escola: instituição de ensino que desempenha papel fundamental na formação cidadã.

O meio é a maneira como a ação será realizada. Inclui as estratégias, ferramentas e métodos que serão utilizados para implementar a solução.

Exemplos de Meio:

  • Por meio de palestras e workshops
  • Mediante campanhas educativas
  • Por meio de parcerias com ONGs
  • Por intermédio das redes sociais para disseminação de informações
  • Por meio de políticas de incentivo e conscientização

O efeito é o resultado esperado da implementação da ação. Deve ser claro, mensurável e diretamente relacionado à resolução do problema.

Exemplos de efeito:

  • A fim de diminuir o impacto do problema
  • Com o intuito de promover a conscientização
  • A fim de melhorar a qualidade de vida
  • Para estimular a participação ativa da comunidade
  • A fim de oferecer suporte e recursos necessários

O detalhamento é a adição de informações específicas que tornam a proposta mais clara e viável. Pode incluir dados adicionais, exemplos específicos ou um maior nível de especificidade.

Exemplos de Detalhamento:

  • Governo: Implementação de políticas públicas específicas.
  • Ministério da Educação: Detalhes sobre programas de capacitação para professores.
  • ONGs: Exemplos de parcerias bem-sucedidas em outras áreas.
  • Escola: Programas de conscientização e inclusão no currículo escolar.

Por fim, agora que você aprendeu como elaborar uma proposta de intervenção e conheceu os principais elementos que compõem uma conclusão eficaz, está mais preparado para encarar a Competência 5 da redação do Enem. Lembre-se de usar conectivos adequados, detalhar bem os elementos da intervenção e sempre respeitar os direitos humanos. Se você deseja dominar a Competência 1 e evitar os principais erros gramaticais, acesse nossa plataforma de ensino e correção de redação. Com nosso apoio, você estará equipado para alcançar a nota máxima e garantir seu sucesso acadêmico. 📚✍️

POSTS RELACIONADOS