Ícone do site Redação Online

A importância do respeito à personalidade da criança em sua criação | Tema de redação

pai brincando com a filha

Respeito é bom e todo mundo gosta. Até criança! Aí é que está o problema: nem sempre a personalidade da criança é respeitada. Assim, o que pode acontecer com um adulto que foi desrespeitado na infância? 

Desse modo, é sobre isso a redação desta semana: “a importância do respeito à personalidade da criança em sua criação”. Planeje direitinho seu texto dissertativo argumentativo para o Enem, inclua nele seus argumentos e propostas de intervenção para minimizar esse problema. 

Então, para ajudar, escolhemos textos e organizamos para você, junto com repertórios! Assim, é só ler e usar!

 

TEXTO 1

 

A importância de se respeitar a personalidade da criança

 

O tempo de desenvolvimento da criança é assunto recorrente nessa praça. Infelizmente, a falta de respeito com elas tem me chamado a atenção. Hoje, há uma pressão para que a criança se enquadre em determinados parâmetros impostos pela sociedade desde o nascimento. Ela deve ser sempre feliz, sorridente, extrovertida, sociável e obediente – todos os dias e o dia todo.

Timidez tem sido comparada a um pecado social. Há poucos dias, eu e minha filha presenciamos uma triste cena no supermercado: uma senhora foi brincar com uma criança que estava na fila e se escondeu entre as pernas da mãe. A tia, que a acompanhava, começou a brigar com a menina, chamando-a de bicho do mato, sem educação etc. Quanto mais a tal tia falava, mais a menina se encolhia. A minha filha, que também é um pouco tímida, olhou para mim e disse “mamãe, por que a moça está falando isso tudo para ela? Ela só está com vergonha e acho que está ficando muito assustada”.

Naquele momento, ficou claro o desrespeito quanto ao tempo e à personalidade da criança. Sim, a criança deve ser educada, porém, ela tem o direito de ter dias – ou momentos – de mau humor, de tristeza, de “levadeza”ou até “braveza”.

Fonte: na pracinha – a importância de se respeitar 

 

TEXTO 2

 

“(…) as crianças devem ser respeitadas como personalidades sociais e humanas de primeira grandeza. Por exemplo, nós achamos natural entrar [em algum lugar] e dizer às crianças: “O que vocês estão fazendo?”, “Por que você fez isso?”. Com grande frequência a criança não sabe responder. Essa interrupção abrupta não é sinal de respeito. Fazemos isso porque achamos que a personalidade da criança é inferior. Nisso estamos errados”.

Maria Montessori (1870-1952) foi uma pedagoga e médica italiana, criadora do “Método Montessori” baseado na formação integral do jovem. 

 

TEXTO 3

 

Fonte: to gov – violência doméstica infantil e uma realidade preocupante nos lares brasileiros

 

TEXTO 4

 

A partir do século XV, a preocupação com o sentimento infantil possibilita o surgimento de uma série de disposições legais, que mesmo sendo pouco aplicadas, essa legislação reforça algumas preocupações concretas com relação à proteção das crianças.

Importante ressaltar que a evolução dos sentimentos com relação às crianças por parte do adultos em toda a Europa não foi manifestada de forma linear. Segundo os autores, “na França, por exemplo, o século XVII é um momento se não de reação, pelo menos de contenção. As convulsões políticas e religiosas constituem os sintomas de uma profunda crise de valores”. Há, nesse momento, inúmeras mudanças sociais.

Então, a mudança cultural e social dessa época desperta o interesse pela educação. A Igreja e o Estado se encarregaram do campo educacional. Foram oferecidos alguns conhecimentos que os pais não seriam capazes de transmitir aos filhos. O casal, almejando o progresso dos filhos, era auxiliado pela Igreja e pelo Estado a deixar grande parte de seu encargo de educadores aos orientadores fornecidos por aquelas Instituições.

Fonte: fdcl – a criança e a sociedade medieval

 

Repertórios socioculturais relacionados ao tema “A importância do respeito à personalidade da criança em sua criação”

 

Livro – O direito de ser criança, de David J. Smith, conta como é a questão do respeito ao mundo infantil em várias partes do mundo.

Informativo – a personalidade da criança pode estar sendo afetada negativamente pelo ambiente em que vive; neste artigo importante você vê quais riscos ela corre 

Vídeo – uma entrevista completa com uma psicanalista sobre como podemos respeitar a personalidade das crianças.

Informativo – conheça aqui os tipos de negligência contra crianças que podem passar despercebidos.  

Vídeo – este é um documentário ótimo do Unicef, feito com pais de vários países, que comenta sobre o desrespeito à personalidade da criança em forma de negligência. 

Informativo – a Unicef diz neste artigo quais os direitos da criança.

Estatística veja aqui tabelas que mostram o impacto da negligência sobre crianças pequenas. 

Vídeo – a psiquiatra Ana Beatriz Barbosa explica em detalhes como é formada a personalidade da criança. Confira:

 

 

Assim, aí está um material perfeito para te ajudar a escrever sobre a importância do respeito à personalidade da criança.

A equipe do Redação Online é apaixonada por organizar material de temas que possam cair na redação do Enem, de vestibulares e de concursos! E nossos corretores amam ajudar os alunos a chegar na nota 1000. Então, conheça o nosso serviço de correção de redações!

Sair da versão mobile