6 filmes nacionais para usar na redação

por | maio 26, 2021

Confira alguns filmes brasileiros que você pode usar para enriquecer suas redações!

Uma boa redação sempre apresenta ideias bem contextualizadas, fundamentadas por um repertório sociocultural produtivo. Vocês já estão cansados de ouvir isso, não é mesmo? Mas nós vamos continuar falando! Isso porque uma redação bem construída pode elevar – e muito – a sua nota, seja no Enem ou em outras provas. E não só lendo notícias e estudando as áreas de conhecimento que você consegue apresentar uma boa argumentação.

Os produtos culturais, como literatura e séries, por exemplo, agregam muito aos textos. E, é claro, o cinema também pode ajudar bastante nisso. Por essa razão, trouxemos a indicação de 6 filmes nacionais para você usar nas suas redações. Prepare a pipoca e bora aprender!

Central do Brasil (1998)

Mundialmente conhecido como o filme pelo qual o Oscar perdeu a oportunidade de premiar a Fernanda Montenegro como melhor atriz, Central do Brasil precisa estar na sua lista. Embora tenha mais de 20 anos da sua estreia, traz um retrato de uma parte do Brasil que segue atual.

Nele, Dora, uma professora aposentada, complementa a renda escrevendo cartas para pessoas analfabetas na Estação Central do Brasil, no Rio de Janeiro. Porém, sua vida tranquila vira do avesso quando se vê responsável pelo filho de 9 anos de uma cliente. Assim, logo após quase vender o menino, ela decide ir com ele procurar seu pai no Nordeste.

Apesar de não escrevermos cartas com tanta frequência, gênero textual que foi substituído pelos e-mails e mensagens em aplicativos, podemos pensar em algumas questões a partir desse filme. Muita gente achou que no Enem 2020 o tema seria sobre Alfabetização. Não foi. Quem ainda aposta nisso, poderia usar este filme para falar sobre a questão do analfabetismo a partir da forma como Dora ganhava uma renda extra.

A desigualdade social, que também já foi tema, mas sempre pode aparecer de novo, também está presente. Além disso, dá para se discutir a migração das pessoas do Norte e Nordeste para estados mais Sul do Brasil. Outro tema em que esse filme poderia ser usado seria o tráfico de pessoas e de órgãos. Ufa! Assista e aproveite para preencher sua lista de repertórios por eixos temáticos.

Edifício Master (2002)

Tido como obra-prima do cineasta Eduardo Coutinho (1933-2014), esse documentário aborda questões como desigualdade social, resistência e diversidade. Dentro de um prédio decante de Copacabana, moradores e a diversidade de composições familiares são acompanhados pelas lentes.

Assim, o contraste da população pobre que mora em uma região considerada de gente rica mostra o preconceito com esse grupo marginalizado e a forma como lutam pela sobrevivência em uma sociedade opressora. No Youtube você consegue acessar isoladamente as histórias de algumas dessas personagens da vida real. Portanto, não perca!

Divino amor (2019)

Quem disse que os filmes nacionais não têm ficção científica? Em “Divino amor”, temos a temática do conservadorismo e fanatismo religioso em um distópico Brasil do futuro. Já pensou parar em um Drive-Thru de orações? Pois é! Nesta trema, tem!

A história se passa em 2027 e narra a história de uma trabalhadora de um cartório e usa seu cargo para tentar “salvar” casais que chegam para se divorciar. Assim, ela os leva até o culto do qual faz parte. Então, é aí que entra a discussão da divisão entre Estado e religião.

De acordo com o Observatório de Cinema, trata-se de uma obra que discute o caráter laico do Estado, um tema bastante atual, não é mesmo? Certamente, pode constar em repertórios para redações que tratem de intolerância religiosa, respeito à diversidade, papel do Estado na vida das pessoas. Confira!

Estou me guardando para quando o carnaval chegar (2019)

Mais um filme nacional em formato documentário para você refletir e usar na sua redação. Essa obra cinematográfica fez parte da seleção oficial da Mostra Panorama do Festival de Berlim e recebeu Menção Honrosa do Júri Oficial e da ABD/SP. Além disso, ganhou o prêmio da crítica no Festival É Tudo Verdade 2019.

Mas, afinal, de que se trata e como posso usar isso na redação? Vamos lá! Muito se fala atualmente sobre empreendedorismo e se isso é uma oportunidade ou necessidade, não é?

Então, este filme mostra uma pequena cidade do agreste de Pernambuco em que muitos dos moradores trabalha na produção de peças em jeans. A rotina é puxada: cerca de 16 horas de trabalho por dia, 7 dias por semana, sem folga. Exceto no Carnaval, quando eles vendem tudo que têm para curtir os dias de folia. Trata-se um retrato dos “escravos modernos”, como muitas vezes é o papel do empreendedores individuais.

Você pode usar também em temas que discutam direitos, uma vez que tais trabalhadores, por não serem empregados das fábricas, não os acessam. Assim, eles arcam com todos os problemas que possam ocorrer na produção, como um acidente de trabalho ou a quebra de um equipamento, por exemplo.

De fato, você pode tirar muitas ideias para pensar sobre emprego, desemprego, direitos, capitalismo, desigualdades sociais, entre outros. Então, vá agora mesmo na Netflix se você puder e assista. Ele está disponível na plataforma! Corra lá ou coloque-o na sua lista!

Bacurau (2019)

Por fim, não poderíamos deixar de falar desse filme que deu o que falar em 2019 e ainda segue “causando” por aí. Afinal, ele dispensa apresentações. A obra foi um verdadeiro fenômeno no país, assistida por mais de 700 mil pessoas nos cinemas e bateu vários recordes de semanas em cartaz e arrecadação. Pois é, e por que será que todo mundo ficou fascinado com Bacurau?

Então, a obra também se trata de uma distopia. Nela, é mostrada a força da comunidade que, nesse caso, se defende de um grupo de estrangeiros que assassina os moradores por esporte. Pesado? Mas nem tanto. O filme tem algumas situações que chegam até a ser cômicas, mas tudo isso contribuiu para o seu sucesso!

Assim, fatalmente vai colocar você pra pensar sobre xenofobia, valorização da cultura local, memória e resistência! Além disso, a pobreza, falta de infraestrutura e investimentos em saúde e educação e a corrupção política nas cidades podem ser abordados nos textos a partir deste filme.

Você já conhecia esses 6 filmes nacionais? Quais outros você acredita que seriam bons repertórios para as suas redações? Compartilhe com a gente nos comentários!

Agora você está pronto(a) para escrever a sua redação com repertórios socioculturais produtivos! Não se esqueça de enviar seus textos em nossa plataforma para recebê-los corrigidos em até 3 dias úteis!

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é ad-3-1-1024x536.jpg
<a href="https://redacaonline.com.br/blog/author/claudiabechler/" target="_self">Cláudia Bechler</a>

Cláudia Bechler

Bacharela e Licenciada em Letras Português e Literaturas de Língua Portuguesa pela UFSC. Mestra em Linguística pelo Programa de Pós-graduação em Linguística da UFSC.
Assine um plano do Redação Online
Como fazer uma Redação do zero
Guia da Redação ENEM: tudo o que você precisa saber
Como tirar nota mil na Redação ENEM