Ícone do site Redação Online

Medidas para frear a extinção de animais | Tema de redação

animais-em-carcere

animais-em-carcere

A atividade humana no planeta tem levado à extinção de animais de todo tipo, e não é de agora. Da nossa ararinha-azul, por exemplo, você já deve ter ouvido falar – chegou à beira da extinção.

Então, decidimos aproveitar o tema de redação para Enem desta semana e mobilizar todos os vestibulandos para uma causa nobre. Você vem com a gente?

Assim, você deve usar os textos abaixo para escrever sobre o tema desta semana:. “Medidas para frear a extinção de animais” (O texto 4 vai dar uma boa mãozinha pra você!). Escreva uma dissertação argumentativa, detalhe bem seus argumentos, e pense na proposta de intervenção. 

Logo, não seria má ideia, antes, conhecer alguns segredos dos corretores do Enem, hein!

Texto 1

1. Aprenda sobre as espécies ameaçadas de extinção em sua área. Ensine seus amigos e familiares sobre a maravilhosa vida selvagem, pássaros, peixes e plantas que vivem perto de você. O primeiro passo para proteger espécies ameaçadas é aprender sobre o quão interessantes e importantes elas são. Nosso mundo natural nos fornece muitos serviços indispensáveis, incluindo ar e água limpos, alimentos e fontes medicinais, benefícios comerciais, estéticos e recreativos. (…)

2. Visite um refúgio nacional de vida selvagem, parque ou outro espaço aberto. Essas terras protegidas fornecem habitat para muitos animais selvagens nativos, pássaros, peixes e plantas. Os cientistas dizem-nos que a melhor forma de proteger as espécies ameaçadas é proteger os locais onde vivem. Envolva-se como voluntário em seu centro natural local ou refúgio de vida selvagem. Vá observar a vida selvagem ou pássaros nos parques próximos. A recreação relacionada à vida selvagem cria milhões de empregos e apoia as empresas locais. (…)

Traduzido livremente de endangered

Texto 2

Freando a CRISE DE EXTINÇÃO

Cada vez que uma espécie é extinta, o mundo ao nosso redor se desfaz um pouco. As consequências são profundas, não apenas nesses lugares e para essas espécies, mas para todos nós. Estas são perdas consequentes tangíveis, como a polinização das culturas e a purificação da água, mas também espirituais e culturais.

Embora frequentemente obscurecidas pelo barulho e correria da vida moderna, as pessoas mantêm profundas conexões emocionais com o mundo selvagem. A vida selvagem e as plantas inspiraram nossas histórias, mitologias, idiomas e como vemos o mundo. A presença da vida selvagem traz alegria e enriquece a todos nós – e cada extinção torna nosso lar um lugar mais solitário e frio para nós e para as gerações futuras.

Então, a atual crise de extinção é inteiramente de nossa própria autoria. Mais de um século de destruição de habitat, poluição, disseminação de espécies invasoras, colheita excessiva da natureza, mudança climática, crescimento populacional e outras atividades humanas levaram a natureza ao limite. 

Traduzido livremente de biological diversity

Texto 3

A onça é avistada

Embora a necessidade de preservar a Amazônia mereça atenção, um dos focos de restauração recai sobre sua vizinha menos conhecida, a Mata Atlântica. Assim, mais de 80% da vasta selva que se estendia ao longo da costa do Brasil e no Paraguai e na Argentina foi perdida para fatores como agricultura, extração de madeira e infraestrutura urbana.

Amplos esforços de restauração estão em andamento com o objetivo de conter a forte fragmentação dessa área de grande importância em termos de biodiversidade. Entre esses esforços, destacam-se a regeneração de florestas em terras abandonadas e a criação de corredores de vida selvagem entre áreas protegidas, estratégias que estão ajudando a preservar predadores como onças e jaguatiricas na categoria de espécies “quase ameaçadas” em extinção.

Ademais, a população de onça-pintada mais ao sul do mundo percorre a região do Alto Paraná da Mata Atlântica, abrangendo as fronteiras entre Argentina, Brasil e Paraguai. Nesse caso, a redução do desmatamento e a restauração de milhares de hectares de antigas florestas ajudaram a aumentar a população de onças em 160% desde 2005.

Traduzido livremente de unep

Texto 4

Fonte: iberdrola

Repertórios socioculturais relacionados ao tema “Medidas para frear a extinção de animais”

livro – 100 animais ameaçados de extinção no Brasil: e o que você pode fazer para evitar, de Pedro Almeida e Sávio Freire Bruno, é um livro com nomes de animais em risco de extinção, mas também por que estão em risco e como podemos inverter essa tendência.

reportagem – para sua proposta de intervenção você não pode deixar de ler este artigo – vai lte dar muitas ideias!

vídeo – uma verdadeira aula com o conhecido biólogo Pirula: lista completa de animais extintos pelo ser humano no Brasil.

reportagem – veja alguns números neste site português sobre animais que estão em vias de extinção porque são vendidos no mundo todo como animais exóticos!

reportagem – a ONG WWF apresenta os últimos números dos animais em vias de extinção no Brasil; serve para você pensar nas causas da possível extinção.

filme – “Virunga” é praticamente um documentário sobre o caso do gorila de montanha, hoje encontrado somente em um local do Congo; vai te dar uma ideia de como é possível proteger animais em risco e por que eles chegam a essa situação.

reportagem – mais números para usar como repertório? tem neste artigo sobre decisão da ONU em defesa dos animais

notícia – um fato que nos enche de otimismo: animal ameaçado de extinção nasce em zoo brasileiro! 

Então, acreditamos que você ficou tocado ao mesmo tempo que pensou em medidas para frear a extinção de animais… nós ficamos! Assim que terminar sua redação para o Enem, tenha certeza de que não cometeu nenhum destes erros comuns!

Depois, escolha o melhor plano de correção que temos para o seu bolso. Nunca escreva redações sem ter a correção delas – senão você fixa erros!

Sair da versão mobile