Erros na redação acontecem até nas melhores. Conheça quais desvios prejudicam o participante do Enem e saiba como consertá-los enquanto há tempo!

Você já sabe da importância da redação no Enem, pois ela representa 20% da sua nota final nas provas. Assim, um mau desempenho na escrita do texto faz a sua média despencar. Além disso, já comentamos aqui que a nota da redação é importante para usufruir de programas governamentais como Prouni e Sisu. Ainda, ela pode carimbar seu passaporte para estudar em universidades portuguesas. Por isso, evite ao máximo os erros na redação.

Hoje mostraremos o que fazer caso você cometa erros na redação. Acompanhe!

Quantos erros na redação não prejudicam minha avaliação?

Tratando-se dos erros gramaticais e ortográficos, para que você ainda receba 200 pontos na competência 1, é permitido até dois desvios. Também pode haver uma falha de estrutura sintática para manter o nível 5. Caso você não lembre como se avalia essa competência, lembre-se de que escrevemos um post no blog só sobre esse assunto. Vale a pena conferir de novo!

Porém, mesmo que você estude muito sobre a língua portuguesa, pode acontecer de você escrever algo errado. Se você já estiver na fase de passar a limpo o seu texto, pode bater aquele desespero. E agora?! O que fazer?

A folha de prova é insubstituível, por isso todo o cuidado é pouco para protegê-la de danos. Isso vale desde não deixar a garrafa de água perto dela (que pode molhar) até cuidar com as canetas para que não vazem. Especialmente nos dias quentes – como em geral são os dias das provas no Brasil – podem ocorrer acidentes como esses. Por isso, tenha atenção com as informações passadas pelos fiscais e cuide muito bem do seu material e da sua folha!

Rasuras não descontam ponto

Há muitos mitos em relação à prova do Enem, um deles afirma que provas não podem ter rasuras. Ora, é bastante provável que muitas pessoas erram na hora de transcrever a sua redação, por diversos fatores. Se isso fosse verdade, as notas teriam uma média muito abaixo do que elas realmente têm. De fato, uma folha de prova totalmente rasurada pode, em alguns casos, levar à nota a zero, mas são casos muito específicos.

É certo também que a estética do texto conta positivamente para a avaliação, mas não é uma questão sobre a qual os avaliadores pontuam. Entretanto, quando uma redação aparece na tela de correção, ela deve estar legível, com todas as partes do texto dissertativo-argumentativo estruturalmente visíveis. Por exemplo, se o aluno não coloca as entradas de parágrafo, o corretor já sabe que se trata de um monobloco, e a nota já será mais baixa. Da mesma forma ocorre com o excesso de rasuras no texto: quem lê já percebe que encontrará uma série de erros na redação.

Existe um jeito certo de fazer a rasura?

Sim! Você pode rasurar algumas palavras ou mesmo trechos inteiros equivocados de sua prova sem prejudicar a sua avaliação. Nesse quesito, há muitas formas que são ensinadas pelos professores, mas a que você deve privilegiar é a seguinte: simplesmente passe um traço em cima da palavra errada e escreva-a corretamente ao lado. Isso mesmo! Basta um risquinho no erro que ficará tudo bem. Jamais rabisque freneticamente a palavra ou trecho errado, de um jeito que deixe o texto “machucado”, o que pode até rasgar a sua folha. Nada disso! A solução, como dito, é bem simples! Também é desnecessário colocar a palavra entre parênteses, embora algumas pessoas aprendam dessa forma. Não complique: só um tracinho basta! Veja:

Exemplo de rasura em erros na redação
Fonte: http://download.inep.gov.br/educacao_basica/enem/downloads/2020/Competencia_1.pdf

Ok, mas e se você só perceber o erro depois de já ter passado a limpo todo o texto?

Bom, certamente vai dar um friozinho na barriga de nervoso, mas ainda tem jeito de resolver! Nesses casos, você também passará um traço simples na palavra ou trecho errado e escreverá corretamente acima desses elementos. É importante que fique o mais legível possível, por isso cuidado com o tamanho da letra! Se você escrever ocupando o espaço da linha inteira (letras grandes), pode ser que não consiga esse espacinho salvador na hora de corrigir um problema desses. Se não ficar bem clara a correção, a emenda pode ser pior que o soneto! Por isso redobre a atenção e, em caso de necessidade, mantenha a calma e procure a melhor maneira de resolver no seu caso.

Rasura em cima da palavra em erro na redação
Fonte: http://download.inep.gov.br/educacao_basica/enem/downloads/2020/Competencia_1.pdf

Atenção aos detalhes para não cometer erros na redação!

Caso você perceba que apenas acentuou uma palavra que não precisaria de acento, faça a rasura simples somente nele. Não precisa anular toda a palavra e escrever de novo. Use o bom senso: em todos os casos em que for necessário rasurar, faça isso do modo menos invasivo possível. Ou seja, interfira o mínimo possível no visual da sua redação e, principalmente, no sentido do texto. No entanto, a correção precisa ficar evidente para quem for ler o seu texto. Errar é humano, mas insistir no erro… você sabe, não é?

É isso! Nada de estresse caso você cometa erros na redação. Agora que já sabe como resolver, tudo ficará bem. Uma outra excelente forma de evitar esses problemas é revisar muito bem o rascunho do texto. Faça todas as alterações nele. Sempre releia algumas vezes e, na hora de passar para a folha de prova, muita – muita mesmo! – atenção é necessária! Portanto, não deixe para fazer isso quando você já estiver exausto(a) da prova. Quanto mais cansado(a), maior a probabilidade de ficar mais desatento(a)!

Pra evitar esse tipo de situação, já sabe: treine muito a escrita! Se precisar de ajuda com isso, use a nossa plataforma! Tá esperando o que para nos mandar o seu texto!?

QUERO APRENDER REDAÇÃO!

propaganda redação online

 

Comentários do Facebook