Conheça algumas de nossas apostas sobre o tema de redação ENEM 2020. Anote todas as nossas dicas e prepare-se para mandar muito bem no dia da prova!

Se fosse possível tentar encontrar respostas por meio de uma bola de cristal, 10 entre 10 professores fariam a mesma pergunta: qual o tema da redação ENEM 2020? Embora seja difícil acertar, é possível nos prepararmos para tratar de diversos assuntos que podem ser cobrados na prova. Certamente, como um estudante que vai fazer ENEM, você precisa estar sempre atualizado sobre o que acontece no mundo. Quanto mais informado, maiores chances o participante tem de desenvolver um bom texto, com repertório sociocultural produtivo e pertinente ao tema.

No nosso blog, há uma grande variedade de temas que podem ser escolhidos para treinar a escrita, e todos têm algum grau de probabilidade de caírem na redação ENEM 2020. No entanto, pensando em otimizar os seus estudos, resolvemos destacar alguns assuntos sobre os quais você pode aprofundar seus conhecimentos. O estudo prévio sobre temáticas diversificadas auxiliará a escrever de forma competente, independentemente do tema específico que for selecionado. Portanto, pegue o bloco de notas e comece a anotar!

Tecnologias

Muito presente no nosso dia a dia, a tecnologia já foi abordada recentemente (em 2018, o tema pedia que o candidato versasse sobre a manipulação do usuário por meio do controle de dados da internet). Porém, nada impede que nos preparemos para encarar outros temas que incluam algo ligado a isso novamente. Assim, podemos pensar em algumas possibilidades:

  • Mesmo sem mencionar a pandemia, é possível que a realidade do ensino remoto seja abordada. Nesse viés, podemos pensar em alguns desdobramentos. Primeiramente, temos a questão da exclusão digital. Embora a quase totalidade das instituições de ensino tenham adotado alguma forma de manter as aulas acontecendo, é fato que nem todos os alunos foram atingidos. Dessa forma, é necessário pensar na democratização do acesso à educação, incluindo a digital. É preciso saber a diferença entre ensino remoto e Educação a distância, pois há muita confusão sobre isso. Enquanto o primeiro acabou deixando de lado alguns estudantes, a modalidade de ensino a distância incluiu muitas pessoas que não conseguiam estudar, seja por questões financeiras, de distância e de disponibilidade de horário.
  • Além de mirar nos mais jovens, cabe pensarmos nas dificuldades que os idosos têm para acessar as tecnologias. Em um mundo que nos obrigou ao isolamento e distanciamento social, com uma população que a cada ano tem um aumento na sua expectativa de vida, como fazer com que os idosos façam parte do digital? Em 2009, houve um vazamento da prova cujo tema era “Valorização do idoso”, que foi substituído por outro. Talvez seja hora de olharmos atentamente para esse grupo social, né?
  • Pensando em comunidades virtuais, a cultura do cancelamento pode ser um tema abordado. Assim, dentro desse espectro, podem ser explorados a superexposição nas redes sociais, o vício no uso das tecnologias e os seus efeitos, como os transtornos de imagem. Por isso, reflita: como as redes sociais têm mudado a forma como nos relacionamos? Quais os efeitos disso na nossa vida diária? Pense nos benefícios e nas possíveis dificuldades que o acesso às tecnologias podem ocasionar para diversas faixas da população.

Saúde

Temas relacionados à saúde ainda não foram cobrados na redação do ENEM, por isso sempre é uma aposta a qual devemos dar uma grande atenção. Talvez o fato de estarmos vivendo uma pandemia, que foi responsável, inclusive, pelo adiamento do exame nacional, seja o incentivo que faltava para falarmos de saúde na redação. No entanto, é pouco provável que se fale diretamente sobre coronavírus. De todo modo, há muitas abordagens sobre saúde para as quais devemos estar ligados:

  • O Sistema Único de Saúde – SUS provou a sua importância nos últimos meses. Graças ao acesso universal à saúde, garantido pelo sistema, foi possível minimizar a tragédia provocada pela COVID-19. Embora números de mortos e infectados sejam elevados, seria ainda pior se as pessoas não pudessem recorrer ao SUS. Nos Estados Unidos, onde a saúde é privada, houve o dobro de mortes que no Brasil. Além de correrem risco de morte, lá as pessoas ainda lidam com endividamento para pagar tratamentos de qualquer doença. Como está sempre sob ameaça, vale a pena estudar o SUS e contar que algo relacionado a ele seja abordado na prova.
  • O retorno de doenças erradicadas colocou a necessidade das campanhas nacionais de vacinação em xeque. Com um crescente movimento antivacina em diversos locais do planeta, e em ascensão no Brasil, novamente estamos lidando com surtos de sarampo, febre-amarela, entre outras doenças. Além disso, esse retrocesso tem destacado a falta de valorização da ciência, que também pode ser um tema de redação do ENEM 2020.
  • A saúde mental está também em evidência. Principalmente em momento de aumento de problemas como ansiedade, depressão, Síndrome de Burnout (esgotamento profissional). Assim, também é bom pensar na medicalização da vida, por meio do aumento do uso de fármacos em adultos, jovens e, especialmente, em crianças com TDAH, por exemplo, e os seus efeitos.

Meio ambiente

Em 2008, o tema da redação do ENEM foi “Como preservar a floresta Amazônica”. Desde então, assuntos relacionados ao meio ambiente não foram mais abordados. Portanto, talvez seja a vez de falarmos de novo sobre isso. Você está preparado? Veja algumas abordagens possíveis dentro desse eixo de estudo:

  • Os efeitos da intervenção humana na natureza podem formar uma boa proposta de redação. Quando fomos obrigados a nos recolhermos em casa, circularam notícias e imagens sobre queda da poluição do ar, dos rios e mares, entre outros benefícios ao planeta da “ausência” de ações dos seres humanos. O aquecimento global e suas consequências, como as crises provocadas pela seca (hídrica, alimentar e até mesmo econômica), além de desmatamentos e queimadas estão nas mídias. O tráfico de animais, que voltou aos noticiários neste ano, também pode ser um tema da redação ENEM 2020.

Cultura e Educação

No ano passado, os participantes do ENEM tiveram de discorrer sobre a democratização do acesso ao cinema no Brasil. Mesmo que tenha sido recentemente abordada, a área cultural sempre pode suscitar bons debates e propostas interessantes de escrita. Intimamente ligada à educação, tratada em 2017 (com a formação educacional de surdos), ambas formam uma “dobradinha” que gera diversas reflexões em prova. Assim, analise alguns tópicos com a gente:

  • O fato de crianças e adolescentes estarem estudando em casa, devido à situação atípica atual, reacendeu as discussões dobre homeschooling. Cabe pensar sobre impactos da permissão desse tipo de ensino no Brasil. Portanto, pesquise lados bons e ruins desse meio de formação e pense quais repertórios utilizar para tratar dessa questão. Conheça propostas de lei (nacionais e estaduais) sobre homeschooling, bem como opiniões dos educadores e de especialistas da área.
  • Recente polêmica sobre taxação de livros pode trazer à tona dificuldades de acesso a obras literárias impressas. Unindo ao eixo da tecnologia, podemos pensar na disseminação dos e-books e no compartilhamento digital das artes, colocando em questão direitos autorais.
  • Em 2006, o tema da redação foi “O poder de transformação da leitura”. Mesmo já tendo sido abordado, o tema pode ser “reciclado”. Pode-se tratar da importância dos livros na primeira infância e na alfabetização, seja na idade certa ou na EJA. Pesquise os programas governamentais de compra de livros didáticos e paradidáticos. Consulte ações praticadas para fomentar a leitura literária nas escolas. É essencial também conferir dados estatísticos sobre alfabetização e proficiência em leitura e escrita dos brasileiros.

E você, tem alguma aposta para o tema de redação ENEM 2020? Compartilhe conosco nos comentários! Quem sabe a gente faz uma segunda rodada de apostas mais adiante!

QUERO APRENDER REDAÇÃO!

Comentários do Facebook