Conheça cinco métodos para tornar suas anotações mais eficientes

por | ago 7, 2015

Conheça cinco métodos para tornar suas anotações mais eficientes

Qual foi a última vez você sentou para estudar e não entendeu suas próprias anotações? Às vezes as anotações perdem o sentido logo depois de fazê-las. Para isso existem algumas técnicas de como não ser traído pelo próprio caderno. A organização é essencial para o sucesso de suas anotações. Veja alguns métodos que podem te ajudar no momento de anotações. Alguns deles, você pode até conhecer, mas ainda não usa adequadamente.

 
Método Descrição Quando usar Vantagens Defeitos
Cornell Divide o espaço do papel em três: para informações principais, palavras-chave e para relações entre os conteúdos Em aulas ou palestras em geral. O método facilita a revisão de conteúdo para as provas e exames posteriores Sistematiza as anotações e facilita a revisão de conteúdos. Economiza tempo, pois não é preciso passar o texto a limpo Nenhum
Linhas gerais Consiste em anotar as informações com travessões e margens. A informação mais geral começa na esquerda; as mais específicas, ganham indentações Quando há tempo suficiente para pensar antes de colocar a informação no papel. O formato é eficiente quando sua habilidade de tomar notas já está afiada É organizado se for utilizado corretamente. As margens mostram as relações entre os conteúdos anotados. Fica fácil de observar os pontos principais e os secundários Exige mais reflexão durante a aula antes de escrever o conteúdo no caderno. O método não é bom quando o professor fala muito rápido
Mapeamento Utiliza as habilidades de compreensão e de concentração. Os mapas gráficos criados mostram a relação entre os conteúdos Funciona em palestras e aulas que exigem participação. Com um gráfico, é mais fácil ter entendimento imediato da matéria Ajuda a prestar atenção à aula. Com cores diferentes, fica fácil visualizar os pontos principais do conteúdo na hora da revisão para a prova A transição dos pontos principais para pontos secundários pode ser esquecida na hora de anotar o conteúdo
Tabelas Consiste em arranjar os dados em uma tabela, com divisões em categorias. É apropriado para fatos históricos, conteúdos de biologia ou de geografia, por exemplo Empregado quando o assunto tem categorias, é denso e apresentado rapidamente. Funciona quando você já pensou nas divisões da matéria Encontrar informações relevantes fica bem fácil. Funciona bem para memorizar fatos ou características do assunto quando você tem uma avaliação A maior dificuldade é dividir as anotações em categorias. Pode ser necessário elaborar a tabela antes de a aula começar
Sentenças ou frases Cada pensamento, fato ou tópico é escrito em uma linha separada É bom para aulas organizadas, com conteúdo denso e ministrado rapidamente É mais organizado do que o parágrafo e absorve muita informação Não é possível diferenciar pontos principais dos secundários

 

Fonte: Centro para Ensino e Aprendizado da Universidade de Stanford

foto7dicas

Assine um plano do Redação Online
Como fazer uma Redação do zero
Guia da Redação ENEM: tudo o que você precisa saber
Como tirar nota mil na Redação ENEM