ENTRAR NA PLATAFORMA
Tecnologia une ou separa as diferentes classes sociais

Desde o surgimento da internet, houve a separação entre os que tinham e os que não tinham acesso. Entretanto, até os dias de hoje essa distinção se faz presente, visto que o acesso a esse meio de comunicação é elitista, havendo exclusão das classes mais baixas. Nesse sentido, dois aspectos fazem-se relevantes, o alto custo para o acesso e a falta de informação para com os desprovidos de acesso à tal meio.


Em primeiro lugar, com os altos preços para planos de internet e a renda baixa de muitos brasileiros, o acesso à internet ficou cada vez mais restrito. Segundo dados da TIC Domicílios, em 2019, cerca de 30% dos brasileiros não possuiam acesso à internet, tal situação tem o poder de afastar, calar e desinformar os menos favorecidos, uma vez que atualmente os manifestos, jornais e meios de comunicação são feitos através de redes sociais. 


Além disso, devido a falta de informação de certo grupo social, fazendo com que haja uma separação entre os que detém de informação e possuem voz e os que não detém, estas pessoas são excluídas socialmente. Embora haja a facilidade de contato via internet entre os que a possuem,  fica notório que é apenas um meio elitista, excluindo boa parte da população.


Em suma, com a exclusão social sofrida pelos menos favorecidos devido à tecnologia, a Mídia, deve promover propagandas que mostrem tal realidade que é enfrentada por diversos brasileiros, mostrando que o acesso aos meios de propagação de conhecimento é um direito de todos e está na constituição. Para que, dessa maneira possa abandonar os impasses gerados na sociedade brasileira.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde