ENTRAR NA PLATAFORMA
Poluição do ar e seus impactos na saúde da população

No filme O Lorax: Em busca da trúfula perdida (2012), é retratado a história de uma cidade que, devido ao excesso de contaminação atmosférica, acaba sem nenhuma árvore. Trazendo para nossa realidade essa situação não é muito diferente. Os índices de poluição do ar são exorbitantes. Tal problemática deve-se pelo aumento das atividades industriais. Partindo disso, é vital conhecer as causas e consequências, a fim de compreender tal adversidade.
Primeiramente, vale ressaltar que, nas últimas décadas houve o crescimento significativo do setor industrial. Ademais, com o surgimento da revolução técnico-científico, no século XIX, houve o aumento das fábricas, onde a grande maioria utiliza chaminés para aumentar a dispersão dos gases e das matérias particuladas por elas emitidas, contribuindo ainda mais para a poluição do ar.
Consequentemente, esse fenômeno provoca problemas à saúde da população. Evidentemente, nas partículas do ar poluído contém substâncias altamente tóxicas para o ser humano, o que pode levar a problemas respiratórios graves. Conforme dados da OMS de 2018, a poluição do ar provoca a morte anual de 7 milhões de pessoas em todo o mundo e de 51 mil apenas no Brasil.
Dado o exposto, se faz necessário que o Ministério do Meio Ambiente invista em meios de reduzir a poluição atmosférica. Para isso, irá propor as indústrias projetos para as mesmas reduzirem em 50% a quantidade de gases liberados na atmosfera. Conseguindo atingir essa meta, as mesmas adquirem um "selo verde'', que será uma forma de selo de qualidade mundial, provando que a indústria respeita o meio ambiente, e irá garantir desconto de 20% na conta de energia elétrica. Para que são assim, possamos frear os índices de poluição do ar.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde